top of page

Renata Kelly: criatividade agora também na fotografia blockchain

A talentosa e criativa fotógrafa dona do estúdio Criativa Pix lança coleção de fotos NFT para a nova fase de valor da fotografia



Renata Kelly é reconhecida pelo seu trabalho com famílias em seu estúdio em São Paulo. Ela já saiu na FHOX e na mídia com suas obras que envolvem criatividade e uma assinatura visual muito particular e marcante. As obras parecem contos de fadas e levam para um lugar imaginário, saído dos filmes, séries e livros.


Recentemente ela entrou para o NFoTo e já está criando suas obras em NFT na maior plataforma do mundo. Visionária, ela já prevê o boom que a fotografia blockchain terá com a entrada dos colecionáveis digitais no Instagram. Mais do que isso, Renata nota que essa nova e recente tecnologia apresenta caminhos promissores para os fotógrafos e fotógrafas e é algo que ela deve explorar ainda mais em 2023.


Confira as fotografias NFT da coleção da CriativaPix de Renata Kelly clicando aqui: https://opensea.io/criativapix


Confira abaixo visão da fotógrafa sobre seu trabalho e as novas possibilidades desta tecnologia:



A entrada na fotografia, a trajetória como fotógrafa e o propósito que move suas criações:


A fotografia faz parte do meu dia-a-dia há mais de 12 anos. E o que me move é a capacidade que essa arte tem em mudar a vida das pessoas, que muitas vezes procuram a fotografia para se encontrarem consigo mesmas, de forma avassaladora de mexer com a autoestima e com sentimentos.





A minha motivação para criar novas fotografias é tornar o ensaio um tipo de experiência prática, em fazer com que aquela pessoa viva algo diferente, tendo um dia de conexão consigo mesmo. Para isso eu faço diversas pesquisas de cenários, filmes, séries e livros que tragam algum tipo de conexão com o público e reproduzo isso em cenários e iluminação. Nossa equipe literalmente coloca a mão na massa, e fazemos muita coisa manualmente, com baixo custo, como uma de nossas matérias na Fhox sobre Harry Potter, que até hoje é um fenômeno aqui no estúdio.








O Processo de criação e o envolvimento dos cliente no desenvolvimento das fotografias


Após o processo de criação, fazemos o ensaio modelo e apresentamos no Instagram. As pessoas nos procuram por se identificarem com determinado tema ou cenário e meus próprios clientes me inspiram a melhorar nossos cenários e até edições e figurinos. O bacana é esse envolvimento do cliente com o ensaio, pois eles mesmo se empolgam em falar do que gostam e mostrar que entendem daquele tema, e nos ajudam muito nos detalhes, criando um laço de relacionamento. Quem não gosta de falar do que ama?





Nos tornamos referência de fotografia criativa no Brasil, e com isso temos nossas responsabilidades e desafios, como quando vivemos o bloqueio criativo, e principalmente quando o tempo se torna inimigo da antecipação. Ser o primeiro a lançar algo novo realmente é muito desafiador e estamos projetando novas formas de antecipar nossos cenários, temas e novos conceitos, pois a fotografia tem mudado e evoluído muito.






As mudanças no mercado com as transformações e desafios com a pandemia


Nos últimos 3 anos tiveram diversas mudanças no mercado, e se a gente não se planejar e não acompanhar o ritmo da evolução, infelizmente vamos ficando para trás. Pois hoje a fotografia está muito acessível a todos, com smartphones com ótima qualidades, várias dicas no TikTok e Reels de poses, de ângulos, de edição, de luz, enfim, a fotografia é uma arte que está nas mãos de todos, a todo tempo. Acredito que nós profissionais temos que nos diferenciar de outras formas, não só com nossos dons e técnicas, mas com um olhar mais avançado para o futuro.







O valor que a fotógrafa vê na fotografia NFT


O NFT é exatamente uma, senão a maior evolução da fotografia digital, pois agora terá um valor real. Onde até nosso referenciado Sebastião Salgado se abriu a essa nova tecnologia. Isso me chamou muita a atenção em pesquisar e saber mais sobre essa inovação.


No começo fiquei com muitas dúvidas, pois era totalmente leiga na área e achava que só fotógrafos muito renomados teriam acesso a NFT. Eu achava que era uma realidade fora dos meus padrões e das minhas fotos. Achava que era voltado apenas a fotografia de paisagens, arquitetura e afins. Foi assim que procurei no Instagram da NFoto mais informações, comprei o curso e em uma semana me dediquei a entender tudo, estudar, perguntar e tentar mitar minha primeira fotografia.






A importância de buscar novidades sempre e as inúmeras oportunidades com os NFTs


Todo esse esforço de tentar entender algo que eu jamais imaginava compreender, é porque acredito muito no potencial dos colecionáveis digitáveis do Instagram e de todas as outras plataformas. Lembra da antecipação que eu havia falado? Pois é, estou me antecipando a evoluir junto com a fotografia NFT, que com certeza será um marco histórico na arte da fotografia. Em 2023 inclusive quero criar mais artes pensando em todas as possibilidades de vendas que a fotografia NFT oferece. É um novo mundo digital na fotografia, onde a cada ano vai evoluir, e estou me preparando pra me lançar e acompanhar essa evolução histórica que é acessível a todos, e que vai agregar muito valor a nossa arte. É enfim a maior valorização da fotografia na era digital.




Faça parte do NFoTo clicando aqui: NFoTo - fotografia blockchain #nft






0 comentário

Comments


bottom of page