top of page

O que estou lendo: Guerra Civil e o fotornalismo em um futuro distópico

Filme que estreou hoje no Brasil lidera as bilheterias nos EUA e é estrelado por Wagner Moura


O filme tem no fotojornalismo um ponto central e duas personagens atuam na cobertura fotográfica destes conflitos. O filme lidera nas bilheterias norte-americanas em um momento de muita polarização (por lá e por aqui também).


A CNN destaca:


Ambientado em um mundo distópico, onde os Estados Unidos vivem um guerra civil, Kirsten Dunst (“Homem-Aranha” e “Maria Antonieta”) e Wagner Moura (“Tropa de Elite” e “Narcos”) interpretam dois jornalistas da agência de notícias Reuters. Dunst é uma fotojornalista e Moura, um repórter.

Em meio ao conflito terrestre, que é mostrado pelo diretor Alex Garland (“Ex_Machina: Instinto Artificial” e “Aniquilação”) como um perigo constante, os protagonistas embarcam em uma jornada para chegar a Washington D.C., com o intuito de conseguir um furo de reportagem com o Presidente – antes que a oposição chegue à capital e o derrube do poder.


Outros dois personagens se juntam aos protagonistas nessa jornada: Sammy (Stephen Henderson), jornalista do The New York Times e amigo de longa data da dupla, e a jovem Jesse (Cailee Spaeny), que aspira ser uma fotojornalista de guerra.




O que me chamou a atenção é a parte da própria direção de fotografia (de Rob Hardy) que fez um grande esforço para retratar a visão das fotojornalistas de guerra que estão no filme. Em tempo: Wagner Moura tem um papel importante na trama como jornalista da Reuters. Veja mais aqui >>> Fotos da Guerra Civil: Criando imagens para Kirsten Dunst, Cailee Spaeny (indiewire.com)



Claro, a história parece ótima. Nas mãos de um diretor (e roteirista) que já criou alguns grandes filmes (Extermínio entre eles). E também um grande escritor (A Praia). Enfim, me chamou a atenção que uma das regiões separatistas é a junção entre Texas (republicano) com a Califórnia (democrata). Parece caótica, parece bom.


Faça parte do NFoTo e entre para a nova fase de valor da fotografia >>> NFoTo: a nova fase da fotografia






0 comentário

Comments


bottom of page