top of page

Marketing: todo preço conta uma história e a Louis Vuitton sabe disso

Louis Vuitton lançou uma bolsa ‘Milionária’ que custa o preço de uma mansão. Entenda o marketing da marca nesse tipo de lançamento




Louis Vuitton está elevando o padrão para os acessórios de luxo com uma bolsa ‘Milionária’ que a maioria das pessoas não poderia comprar. A Millionaire Speedy, apresentada durante o primeiro desfile do novo diretor criativo masculino Pharrell Williams na Paris Fashion Week, faz jus ao seu nome. Você terá que desembolsar sete dígitos por ela.


As cinco cores aparecem na campanha da Louis Vuitton Men’s Spring/Summer 2024 estrelada por Rihanna. Os clientes regulares estão bloqueados da página do produto, que é declarada como “para uso interno apenas”. Pelo que parece, a opção é exclusiva para amigos e familiares, e VIPs. A bolsa Speedy usual, que você pode comprar por apenas US$ 1.490, parece uma pechincha em comparação. Afinal, são três dígitos a menos no preço.




O motivo do aumento dramático está nos materiais. Enquanto a Speedy do cidadão comum é feita de lona revestida, o modelo do milionário, feito sob encomenda, usa couro raro. Sua corrente de ouro é cravejada de diamantes reais. Os clientes também recebem um par de óculos de sol Millionaire com a bolsa, trazendo seu valor para um incrível US$ 1.000.000.




Com o valor dessa bolsa você poderia comprar uma mansão por um milhão de dólares ou menos. Curiosamente, Williams se inspirou em bolsas falsificadas que ele viu na Canal Street de Manhattan ao criar as novas Speedys. Ele disse à GQ que queria espelhar as cores primárias ousadas vendidas nas ruas, mas com “couro tão macio” que sua forma derretia em seu braço.


Enquanto a Millionaire Speedy é estritamente para milionários e bilionários, a Louis Vuitton fez a rara concessão de dar ao público acesso aos seus óculos de sol Millionaire - por US$ 890.


No fim, preço é uma história de marketing. E que todos os outros produtos da marca acabam ficando atraentes e que esse preço alto nessa bolsa acabou atraindo mídia espontânea. A Louis Vuitton sabe como criar desejo e exclusividade em seus consumidores, e também como gerar buzz e repercussão na imprensa. É uma estratégia que funciona para fortalecer sua imagem de luxo e sofisticação, e que também beneficia seus outros itens mais acessíveis. Afinal, para um determinado tipo de público é a chance de ter um pedaço do universo da Louis Vuitton!


Ancoragem de preço - A ancoragem de preço é uma técnica de marketing que consiste em apresentar um preço de referência, chamado de preço âncora, para influenciar a percepção do consumidor sobre o valor de um produto ou serviço. A ideia é que o consumidor compare o preço âncora com o preço real e sinta que está fazendo um bom negócio ao comprar. As marcas usam essa técnica para destacar as vantagens de suas ofertas, aumentar as vendas e melhorar a satisfação dos clientes. Um exemplo de ancoragem de preço é oferecer um produto com um desconto, mostrando o preço original e o preço com desconto, ou oferecer diferentes opções de um mesmo produto, com preços e qualidades variados, para induzir o consumidor a escolher a opção mais estratégica para a marca.


Marcas de luxo também fazem esse tipo de ação. Ou mesmo outras marcas. Caso da Starbucks, que oferece cafés com preços elevados, que criam uma expectativa de qualidade e exclusividade. Em seguida, a marca oferece opções mais baratas, como bebidas geladas ou sanduíches, que atraem os consumidores que querem economizar, mas ainda assim desfrutar da experiência da Starbucks.


Preço é uma história que você conta e parte crucial do marketing na fotografia. O Novo Plano de Marketing 2024 aborda o assunto em profundidade para você acertar seus preços e seu marketing na fotografia em 2024. Saiba mais >>> Plano de Marketing 2024



0 comentário

Comments


bottom of page