top of page

As Coisas Óbvias que Esquecemos no Marketing da Fotografia

As obviedades são tão evidentes que a gente esquece, mas é bom relembrar para não perder o rumo



Patrocínio: Alboom + Fotto



Se você quer viver da fotografia (ou quer continuar vivendo), então o marketing deve fazer parte da sua rotina diária. Neste texto, exploraremos algumas verdades óbvias que, por vezes, esquecemos quando se trata de promover nossos trabalhos fotográficos. Inspirado pelo clássico livro de Jack Trout, “Em Busca do Óbvio”, vamos relembrar esses princípios essenciais.


1. Marketing é Dia Sim e Dia Também

Marketing não é algo que fazemos ocasionalmente ou apenas quando temos tempo livre. É uma atividade constante. Assim como respirar, devemos pensar em marketing todos os dias. Fotógrafos(as) estabelecidos e competentes dedicam, pelo menos, um terço do dia a essa tarefa. Isso não significa apenas postar nas redes sociais, mas sim criar uma rotina de cuidado com a imagem da marca, divulgação e estratégias de precificação.


2. Mostrar é Vender

Um dos maiores erros é acreditar que, se você não mostra seu trabalho, ainda assim venderá. Isso é um equívoco. Mostrar pressupõe ter algo para apresentar, e não pode ser apenas sua fotografia. O segredo está em ter um produto ou serviço com um conceito claro, algo que se distinga do que é oferecido por todos. Para desenvolver esse conceito, é necessário pensar em si mesmo, nos concorrentes e nos clientes. Encontre algo que atenda às necessidades do público, mas que seja diferente do que todos os outros estão fazendo.



3. Sua Identidade Conta uma História

Marketing não é apenas sobre produtos ou serviços; é sobre contar histórias. Sua identidade é parte fundamental dessa narrativa. Quem é você na história da sua marca? O que você representa? Comunique isso de forma consistente. Seja autêntico e mostre sua verdadeira essência. Isso ajudará na jornada da divulgação e na construção de uma base de fãs leais.


4. Preço é Mais que um Número

O preço não é apenas um valor monetário; ele conta uma história. Pense nas condições de pagamento, nas estratégias para tornar seu trabalho mais acessível e nas opções para diferentes públicos. O preço deve refletir o valor percebido pelo cliente e estar alinhado com sua identidade de marca. Não se limite a justificar o preço; crie uma experiência em torno dele.


5. Avalie e Ajuste Constantemente

O óbvio no marketing envolve muitas etapas: mostrar para vender, ter algo para mostrar, pensar em si mesmo e em sua identidade, manter uma frequência consistente e repensar estratégias periodicamente. Além disso, avalie o que está funcionando e o que não está. Esteja disposto(a) a ajustar sempre que necessário.

Lembre-se: o marketing moderno é central para o sucesso do seu negócio fotográfico. Não seja apenas mais um na multidão; destaque-se com autenticidade e estratégia. E, acima de tudo, pense em marketing todos os dias. 📸✨


Qual a mudança que você oferece com a sua fotografia? Embora seja uma pergunta simples, muitos fotógrafos nem pensam nisso. Entenda como isso é importante no marketing moderno da fotografia >>> Qual mudança você está oferecendo para seus clientes? E por que isso importa mais do que nunca? (enfbyleosaldanha.com)






0 comentário

Comments


bottom of page