top of page

A chinesa Vivo apresenta novo chipset de imagem, lente de telefone e tecnologias de fotografia IA

A fabricante Vivo realizou uma conferência especial de imagens em Xining, China, em 30 de julho de 2023, onde apresentou novas tecnologias que estarão nos futuros smartphones da marca chinesa. Aqui está um resumo do que foi anunciado.




Chipset de imagem V3 e novos algoritmos A Vivo desenvolveu um novo chipset V3 - um processador dedicado de 6nm para processar imagens capturadas em seus futuros smartphones. Sua característica principal é a resolução 4K, gravação de vídeo “com qualidade de cinema” com funções de pós-processamento embutidas, possibilitadas pelo processamento de sinal de imagem de inteligência artificial e tecnologias Frame Info Tunnel de segunda geração.





A Vivo também anunciou uma nova versão do Origin Imaging Engine (VOIE), uma solução matricial algorítmica composta responsável pela qualidade da imagem, cor, tom e funcionalidade de computação de imagem. Essa solução é a tecnologia subjacente que alimenta os aprimoramentos digitais integrados às fotos e vídeos tirados em dispositivos móveis da Vivo com o chipset V3.


O algoritmo consiste em três submódulos: motor de restauração de cor, motor Ultra HD e motor de computação acelerada. Além desse algoritmo estão o novo Hyper-Sense Portrait System e o Vast-Sky Night System, que aprimoram retratos e fotos noturnas, respectivamente. Lente periscópio ZEISS Vario-Apo-Sonnar Colaboração ZEISS para lente Vario-Apo-Sonnar em câmeras periscópicas.


Vivo e ZEISS anunciaram conjuntamente uma nova lente periscópica Vario-Apo-Sonnar para dispositivos móveis, co-desenvolvida por ambas as empresas. O design APO (que significa lente apocromática) da ZEISS foi adotado para imagens móveis, fornecendo o que a Vivo afirmou ser “uma qualidade de zoom de alto desempenho”.




Para nossa compreensão, uma lente apocromática é capaz de melhorar a aberração cromática e esférica, o que impede o fenômeno natural das diferentes cores entrarem em foco em diferentes distâncias focais. Aplicar uma lente apo a uma configuração periscópica melhora a precisão da cor em uma faixa mais ampla de zoom. Isso é necessário por causa da natureza do zoom óptico dos elementos da lente flutuante nos designs das lentes periscópicas.




Outras melhorias são um revestimento anti-reflexo T * Coating da ZEISS em sua ótica aplicada usando técnicas Multi-ALD (deposição por camada atômica) para aumentar a clareza e reduzir a refletividade no espectro da luz visível. Em comparação com as gerações anteriores do revestimento, essa combinação de T * e Multi-ALD pode reduzir ainda mais a refletividade em outros 50%.


Laboratório Generative AI para retratos humanos 3D Usando IA generativa para criar versões hiper-realistas em 3D dos selfies.


O próximo passo da Vivo na melhoria das fotos das pessoas é pesquisar e desenvolver tecnologia de retrato 3D, com reconstrução facial 3D.


A marca criou um laboratório de imagens 3D com sistemas ópticos proprietários para capturar e recriar modelos delicados em 3D de pessoas reais e rostos para produzir versões hiper-realistas para conteúdo virtual. De acordo com a Vivo, essa tecnologia (Hyper-Sense Portrait System) pode capturar expressões faciais precisas, posturas corporais e gestos.




A Vivo disse que criou essa tecnologia com três casos de uso em mente: estilos generativos AI de retrato AI, edição e efeitos especiais. Em resumo, os usuários poderão, em última análise, pegar seus modelos 3D e pós-processá-los, reconstruí-los e manipulá-los em fotos ou ambientes 3D. Esses casos de uso são coletivamente chamados de Hyper-Sense Portrait System.




Vivo também desenvolveu um novo modelo True Colour Night AI para seu Vast-Sky Night System, que aprimora o tom e a cor adaptativos para trabalhar em cenas noturnas de alto contraste. Em resumo, é uma solução HDR feita para fotos noturnas, feita para preservar a cor apesar da alta faixa dinâmica e saturação vista à noite através das lentes.




A Vivo disse que trabalhará em conjunto com a Adobe, Apple e Google para alcançar a padronização do HDR para superar a inconsistência na exibição de imagens HDR em diferentes dispositivos. Também acrescentou que é a única empresa chinesa envolvida no desenvolvimento de um padrão ISO para fotos HDR.

>>> "IA na Fotografia" garanta sua vaga no 2° lote promocional até essa sexta (4/08) (enfbyleosaldanha.com) >>> Fotograf.IA: guia prático de primeiros passos com inteligência artificial para fotógrafos(as) (enfbyleosaldanha.com) Se quiser entender e participar desta nova fase da fotografia conheça o NFoTo. Trata-se de uma comunidade com quase 100 membros e 50 horas de conteúdo até aqui que se conecta com as questões como essa da IA e inovação no mundo da fotografia. Faça parte clicando aqui >>> NFoTo: fotograf.IA, NFT e inovação



0 comentário

Comments


bottom of page