top of page

Marketing, mentirinhas e fotografia

No dia da mentira cabe a reflexão do marketing que persiste: da venda do irreal!



Vivemos na era da pós-verdade e também da pós-fotografia. O que é real de fato? Uma pergunta complexa de responder. Vou fazer dois posts hoje. Um para falar de marketing e fotografia e outro sobre I.A. e essa nova fase em que já estamos vivendo. Ambos os textos com a mesma leitura: a mentira!


No marketing a mentira sempre fez parte não? Basta lembrar da foto que nã bate com o produto entregue. Isso vale para imóveis, comida e para pessoas. O apelo sempre foi de tornar o item vendedor seja ele qual for. E ok? Agora às marcas começaram a repensar isso é uma boa parcela da população começa a questionar esse padrão estético perfeito. Até por não ser verdadeiro. É algo que aparece em campanhas com as da Dove. E agora até na Europa os influenciadores terão que indicar que houve manipulação nas imagens de publis.


marqueteiros são mentirosos. Essa é uma máxima que gerou um estigma. Mas nos últimos 5 anos isso veio se alterando. O novo marketing pede mais autenticidade, menos jargão é mais "você e sua proposta verdadeira na entrega do produto ou serviço".


Um clássico: dizer que a pesso terá uma experiência com fotografia. E na hora da entrega...não tinha nada especial. A experiência do insonso.


Ainda assim vemos gente empurrando produtos/serviços que não servem para os clientes. Desde sessões fotográficas que mais atendem ao ego do profissional até produtos que não fazem o menor sentido pela ótica de quem consome. Não é para menos que temos tantos problemas com preços e super competição por aí.



Na prática vemos fotógrafos criando campanhas de marketing genéricas e fazendo a venda do tipo: "compre minha fotografia porque eu sou o máximo!" Ainda cabe esse tipo de postura no mercado? Me parece que não.


Eis que surge uma proposta tecnológica que permite ter fotos de forma instantânea e mais barata. A chegada da I.A. vai sacudir o mercado da mesmice. E olha que isso só está começando.


Não, não vou te entregar a fórmula da su verdade para fazer o novo marketing da fotografia. Sabe por que isso não existe? Porque embora o autêntico tenha força ele depende justamente de você olhar para si próprio. Depende de estudar o que tem para oferecer de olho no mercado e seus clientes.


Com tanta oferta genérica e mais do mesmo vivemos em um "faz de conta" em que eu publico que sou fotógrafo fazendo algo diferenciado e no fim de diferente tenho pouco a oferecer. A mentirinha fica ali...o cliente vê tanta coisa com essa "chamada" que faz o quê? Faz nada, esperando aparecer alguma coisa distinta de fato ou mais barata.


Em 2023, o marketing será questão de sobrevivência mais uma vez. Mas não será o tráfego ou fórmulas mirabolantes que vão te salvar. Mas sim fazer o trabalho a ser feito e começar a encontrar produtos para seus clientes e não empurrar o que você quer para eles.


Se precisar de ajuda neste olhar para dentro conheça o Plano de Marketing 2023 >>> https://www.enfbyleosaldanha.com/coming-soon-02



0 comentário
bottom of page