top of page

A fotógrafa (e mãe) criadora de uma das imagens mais icônicas de todos os tempos

O retrato criado por Dorothea Lange nos anos 1930 mostra a cara da grande depressão e ao mesmo tempo uma faceta distinta da maternidade



Dorothea Lange foi uma das mais importantes fotógrafas norte-americanas e ficou conhecida pelas imagens da grande depressão e da situação dos imigrantes nos Estados Unidos.




Uma de suas fotografias mais famosas é a “Migrant Mother”, que retrata Florence Thompson e seus filhos. Lange tirou esta fotografia em 1936, enquanto trabalhava no programa Farm Security Administration (FSA), do governo dos EUA, formado durante a grande depressão para conscientizar e fornecer ajuda a agricultores empobrecidos. Em Nipomo, Califórnia, Lange encontrou Florence Owens Thompson e seus filhos em um acampamento cheio de trabalhadores de campo cuja subsistência havia sido devastada pelo fracasso das plantações de ervilha.


Os bastidores de como ela criou a foto repercutem até hoje. Como ela manipulou mesmo no analógico e os ajustes para obter o resultado desejado. Ela também valorizava muito o texto e considerava a legenda uma parte importante da dimensão da fotografia. Ela se casou com um artista e teve dois filhos. Mãe e fotógrafa que retratou crianças e situações diversas nem sempre com a poesia e romantismo que poderia se esperar destes assuntos. No caso da foto da mãe, a imagem "fala por si só". Vida de mãe não é fácil!



A fotografia tornou-se um símbolo do sofrimento dos trabalhadores agrícolas migrantes durante a grande depressão.

Lange também fotografou crianças em situações de pobreza e miséria. Ela tinha um desejo muito grande de contribuir com uma mudança efetiva no mundo através de seu trabalho.










Entre para a nova fase de valor da fotografia >>> https://www.enfbyleosaldanha.com/about-3-1


Precisando de ajuda com seu marketing? Conheça o plano de marketing 2023 >>> https://www.enfbyleosaldanha.com/coming-soon-02

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page