top of page

Instagram lança concorrente para o Twitter

Duas alternativas ao Twitter decolam esta semana - Spill e Threads? Nos últimos dias Elon Musk adicionou limites de tweets no Twitter e isso fez muitos usuários se desesperarem. Para completar, chegam mais dois rivais para a rede social!




O fato é que a guerra dos microblogs parece estar só começando. Dois dos novos rivais são Spill e Threads. O primeiro foi criado por ex-executivos do Twitter que querem abrir espaço para vozes diversas. O segundo está sendo lançado pelo adversário ferrenho do Twitter, Meta/Instagram, que vem tentando se aproveitar dos problemas de negócios do Twitter desde que passou para o controle imprevisível do CEO da Tesla, Elon Musk, em outubro passado.


Vale lembrar que o Twitter também enfrenta outros concorrentes descentralizados, como BlueSky e Nostr, ambos apoiados pelo fundador do Twitter, Jack Dorsey.


Desde que Musk assumiu o comando, ele demitiu centenas de funcionários do Twitter, assustou os anunciantes com sua retórica e esvaziamento das regras de moderação de conteúdo, e desagradou os usuários que agora usam o aplicativo menos do que antes.


No último fim de semana, Musk abalou os usuários novamente ao introduzir um limite de tweets. Musk justificou a medida como necessária para “lidar com níveis extremos de uso de dados e manipulação do sistema”, acrescentando que as medidas eram temporárias, mas sem oferecer um cronograma para quando seriam suspensas.


Spill e Threads: as novas alternativas ao Twitter que prometem agitar o mercado de microblogs Com o Twitter enfrentando problemas sob o comando de Elon Musk, dois novos aplicativos surgem como opções para os usuários que buscam mais diversidade, segurança e recompensa por seus conteúdos.





Spill é um aplicativo criado por dois ex-executivos do Twitter, Alphonzo “Phonz” Terrell e DeVaris Brown, que contaram com a ajuda de uma equipe diversa de desenvolvedores para treinar a inteligência artificial do Spill para detectar melhor o comportamento dos usuários. Em vez de um tweet, os usuários “spill” - brincando com o termo “spill the tea”. Se um spill viraliza, o aplicativo quer garantir que os usuários sejam os únicos a serem compensados por seus conteúdos. Para isso, o Spill vai usar a tecnologia blockchain para criar registros de quem criou o quê e facilitar a remuneração. O aplicativo está em fase beta e só está disponível para iOS por enquanto.





Threads é a aposta da Meta, a empresa fundada por Mark Zuckerberg, para entrar no mundo dos microblogs. A ideia surgiu após a compra do Twitter por Elon Musk, quando os funcionários da Meta viram uma oportunidade de ganhar espaço no mercado. Baseado no Instagram, o novo aplicativo vai permitir que os usuários importem seus seguidores do Instagram, criando um ponto de partida para os usuários. Suas funcionalidades são idênticas às do Twitter, mas como no Instagram, os usuários poderão escolher quem eles querem que seja seu público, como definir para todos os seguidores, só amigos ou parentes. Threads será lançado no dia 6 de julho para usuários de Apple e Android.


O fato é que o Instagram já lançou cópias no passado, algumas delas deram muito certo como o Stories, mas outras falharam e só tornaram o app mais confuso. Será que o clone do Twitter será diferente e efetivo?


Faça parte do NFoTo e participe da nova fase de valor da fotografia. Saiba mais aqui >>> NFoTo: fotograf.IA, NFT e inovação | Meusite (enfbyleosaldanha.com)



0 comentário
bottom of page