top of page

Gerador de IA que veste mulheres nuas e apaga tatuagens gera polêmica nas redes sociais

A ferramenta vem sendo usada por usuários para vestir mulheres e celebridades. Caso vem gerando polêmica na onda das gerações sem permissão com imagens da cantora Taylor Swift


A polêmica ferramenta de inteligência artificial modifica imagens de mulheres nuas ou com pouca roupa tornando a imagem mais conservadora. Entre os alvos estão celebridades provocando um debate acalorado sobre as implicações de tais alterações digitais.






A novidade apareceu na plataforma 4chan e é chamada de DignifAI. Rapidamente se tornou um assunto quente nas redes sociais, atraindo curiosidade e críticas. Com o objetivo declarado de "trazer a dignidade de volta à internet", o aplicativo permite que os usuários encubram digitalmente imagens provocativas – muitas vezes de mulheres – quase sempre sem consentimento.



Alguns desses resultados foram postados na conta DignifAI X/Twitter e, embora apresentem predominantemente mulheres, incluem uma edição de Elon Musk originalmente em shorts de natação. A iniciativa ganhou ainda mais força quando o influenciador conservador Jack Posobiec compartilhou algumas das fotos alteradas.


Faça parte do Fotograf.IA. Mais do que um ebook com grupo Vip, uma comunidade voltada para a revolução e o avanço da IA na fotografia. São mais de 13 horas de conteúdo em vídeo, ebook com quase 300 páginas e dois grupos com mais de 130 membros para acompanhar e interagir com IA na fotografia. Participe clicando aqui >>> Faça parte da iniciativa Fotograf.IA e turbine seu negócio e sua arte na fotografia


Quer se conectar com inovação na fotografia? Participe do grupo NFoTo >>> NFoTo: fotograf.IA, NFT e inovação


Precisando de ajuda com seu marketing na fotografia? Conheça o Novo Plano de Marketing 2024 >>> Plano de Marketing 2024



0 comentário

Comentários


bottom of page