top of page

Foto de cachorro que virou o Meme Dogwifhat Alcança Valor Astronômico em Venda de NFT

A imagem icônica do Shiba Inu com chapéu é arrematada por mais de 4 milhões de dólares, estabelecendo novo recorde no mercado de NFTs


esse meme vale milhões de dólares agora como NFT


Em um evento surpreendente no mundo digital, a foto NFT do famoso meme Dogwifhat foi vendida por impressionantes 4,3 milhões de dólares. A transação, realizada na plataforma Foundation, envolveu 1.210,759 ETH e estabeleceu um novo marco para vendas de NFTs de memes.


O leilão começou modestamente, com um lance inicial de 55 ETH, mas uma intensa competição entre os licitantes fez o preço disparar. A GCR, uma figura notória no mercado de criptomoedas, conseguiu a aquisição final, superando a oferta da Memeland.


A venda histórica ultrapassou o recorde anterior, que pertencia ao NFT do meme Doge, vendido por 1.696,9 ETH em 2021. Os proprietários sul-coreanos de Achi, o Shiba Inu no meme, receberão a quantia total, descontada a taxa da plataforma.


Este evento não apenas destaca o valor crescente dos memes na cultura digital, mas também reforça a importância da autenticidade e procedência no universo dos NFTs.


Além do sucesso da venda do NFT, a moeda meme WIF, inspirada no meme Dogwifhat e baseada na blockchain Solana, viu seu valor de mercado atingir um pico de US$ 3 bilhões na sexta-feira. Apesar de uma leve queda durante o fim de semana, o token recuperou-se rapidamente, registrando um aumento de 25% nas últimas 24 horas.


A popularidade da moeda alcançou tal magnitude que a comunidade WIF mobilizou quase US$ 700.000 para projetar a imagem de Achi na Sphere, a gigantesca arena de LED em Las Vegas. A campanha “Sphere Wif Hat” atingiu sua meta de arrecadação, garantindo a presença do meme na cidade das luzes por uma semana inteira.





Contudo, a família do cão Achi, que inspirou o meme e consequentemente a moeda, ainda não parece ter recebido uma parte dos lucros gerados pelo sucesso da WIF. A recente venda do NFT, no entanto, representou um passo positivo ao compensar diretamente os criadores originais da imagem, reafirmando o valor da autenticidade e da procedência no ecossistema NFT.


Os NFTs (Tokens Não Fungíveis) transformaram a fotografia em uma fronteira digital de valor e autenticidade. Criados e gerenciados por redes blockchain, os NFTs servem como certificados de propriedade exclusiva para obras digitais, incluindo fotografias. Eles permitem que fotógrafos registrem sua autoria e originalidade, definindo direitos como royalties e licenças. Com a venda direta ao público, os fotógrafos ganham liberdade, evitando intermediários e alcançando um público global. A tendência “figital” combina NFTs com impressões físicas limitadas, enriquecendo a experiência de colecionadores. Museus renomados, como o MoMA e o Pompidou, já incorporam NFTs em suas coleções, validando a tecnologia no cenário artístico mundial.


Entenda esse universo e explore a nova fase da fotografia. Quer se conectar com inovação na fotografia? Participe do grupo NFoTo >>> NFoTo: fotograf.IA, NFT e inovação


Faça parte do Fotograf.IA. Mais do que um ebook com grupo Vip, uma comunidade voltada para a revolução e o avanço da IA na fotografia. São mais de 20 horas de conteúdo em vídeo, ebook com 320 páginas (oitava versão) e dois grupos com 160 membros para acompanhar e interagir com IA na fotografia. Participe clicando aqui >>> Fotograf.IA


Precisando de ajuda com seu marketing na fotografia? Conheça o Novo Plano de Marketing 2024 >>> Plano de Marketing 2024 | NFoTo (enfbyleosaldanha.com)



0 comentário

Comments


bottom of page