top of page

Firefly 2 e as novidades quentes de I.A. da Adobe

Adobe atualiza Firefly, sua ferramenta de IA para gerar imagens mais realistas, gráficos e modelos


A Adobe, empresa líder em software criativo, revelou hoje novas atualizações para sua ferramenta Firefly, que usa modelos de inteligência artificial generativa para criar imagens, gráficos e modelos a partir de texto.


Na conferência Adobe MAX em Los Angeles hoje, a Adobe apresentou um novo Firefly Image 2 mais avançado que pode criar imagens de melhor qualidade do que o Firefly original. Além disso, há um novo Firefly Vector que pode criar gráficos vetoriais para os designers e um Firefly Design que pode gerar modelos e outros recursos na Adobe Creative Cloud.


A Adobe lançou o Firefly em março, como uma “família de modelos de IA generativos para expressão criativa”. Ele permite que os usuários criem arte e outras imagens simplesmente descrevendo-as com texto em linguagem natural.





O Firefly já foi integrado a vários aplicativos da Creative Cloud. Por exemplo, o Photoshop tem uma ferramenta chamada Preenchimento e Expansão Generativa que permite aos usuários usar textos para modificar ou ampliar imagens. O Firefly também está disponível para vídeo no aplicativo Premiere Pro da Adobe, que é usado por profissionais de vídeo para editar e produzir vídeos.





Com o Firefly Image 2, a ferramenta agora pode gerar imagens mais realistas do que antes, mostrando detalhes como rostos, folhas, cabelos, mãos, pele e textura ao criar imagens de pessoas, por exemplo. As imagens geradas pelo Firefly Image 2 também têm cores e contraste mais intensos e são de maior resolução, disse a Adobe.


Os usuários também podem usar algumas novas ferramentas de edição baseadas em IA para personalizar as imagens geradas pelo Firefly. Por exemplo, os usuários podem alterar a profundidade de campo e adicionar desfoque de movimento.




Há também um novo recurso chamado Orientação Imediata que ajuda os usuários a melhorar seus textos e descrever com mais precisão que tipo de imagem eles querem criar. Outro recurso chamado Generative Match permite que os usuários selecionem uma imagem pré-definida ou carregada para replicar o estilo dessa imagem ao criar uma nova.

A Adobe disse que o Firefly Image 2 está disponível para acesso agora na versão beta do Firefly baseada na Web e em breve será integrado aos aplicativos da Creative Cloud. Portanto, o Photoshop e o Premiere Pro ainda não podem usá-lo.


Junto com o Firefly Image 2, há um novo modelo Firefly Vector para o Adobe Illustrator que está disponível agora na versão beta do Adobe Illustrator. A Adobe diz que este é o primeiro modelo de IA generativa do mundo para gráficos vetoriais e oferece uma maneira para os designers criarem imagens vetoriais editáveis usando textos. A Adobe diz que o gráfico gerado será automaticamente dividido em “grupos lógicos e camadas”. Os gráficos vetoriais são preferidos pelos designers, porque eles podem ser redimensionados sem perder a qualidade da imagem.


Assim como no modelo original do Firefly, o Firefly Vector foi treinado em conteúdo licenciado do Adobe Stock e materiais de domínio público sem direitos autorais, o que significa que as imagens criadas são seguras para uso comercial.


Saiba os detalhes de todas as novidades assistindo ao vídeo abaixo:




Por fim, o novo modelo Firefly Design já está disponível, alimentando o novo recurso beta de texto para modelo no Adobe Express. Ele foi projetado para gerar modelos personalizáveis para impressão.


A Adobe disse que os usuários do Firefly já criaram mais de 3 bilhões de imagens com a ferramenta desde que ela foi lançada. Sua popularidade também vem aumentando rapidamente, com 1 bilhão dessas imagens geradas apenas no último mês. A ferramenta atraiu muitos novos usuários, com mais de 90% dos usuários do Firefly chegando via novas inscrições, disse a Adobe.


A propósito, aprenda sobre a IA na fotografia e dê os primeiros passos com essa tecnologia revolucionária com o Guia Fotograf.IA >>> Fotograf.IA


0 comentário
bottom of page