Como a sua forma de olhar o mundo pode impactar as pessoas

Hélio Galvão é da SGE Sistemas para Formaturas e agora também um fotógrafo que vende suas obras para embelezar ambientes







Hélio Galvão é sócio da SGE Sistemas para Formaturas. Uma empresa reconhecida no mercado com um sistema que ajuda empresários com as questões relacionadas ao universo dos formandos e os eventos. Pois recentemente ele investiu na veia artística e passou a vender suas fotos para clientes interessados. Galvão contou como está sendo essa experiência e os próximos passos agora também como fotógrafo.


Por que começou este projeto?

Hélio Galvão – Sempre gostei de fotografia e sinto prazer ao registrar meu olhar – em vez das tradicionais selfies e fotos pessoais com vistas ao fundo. Além de paisagens e situações, também fotografo os ingredientes e pratos que preparo, afinal a finalização destes rende uma boa lembrança!

Venho arquivando fotos há muitos anos e já era uma idéia antiga publicá-las. De fato é interessante como a sua forma de olhar o mundo pode tocar outras pessoas e isso se resume em arte, não é verdade?


Como avalia a experiência até agora?

Hélio Galvão – Tem sido muito boa, tenho divulgado as fotos no instagram (@heliogalvao.art) desde maio deste ano e buscado mais conhecimento para deixar o trabalho impecável e com mais seguidores.

É um mundo novo, onde você aprende e aprimora muita coisa mas, como já venho da área de tecnologia, fica mais fácil compreender assuntos como resolução, ampliação, tipos de arquivo e qualidade de impressão – itens imprescindíveis para se trabalhar no ramo da fotografia.

De maneira geral, me considero um iniciante e um eterno aprendiz.


O que espera daqui pra frente?

Hélio Galvão – Aprender mais sobre fotografia, NFT e marketing digital, afinal sem divulgação não é possível alcançar seu público! Espero também poder ajudar outras pessoas pois repassar

conhecimento é uma ação nobre, é uma contribuição que permanece na alma.

Além disso, viajar mais, cozinhar mais, me inspirar mais e continuar fotografando. Vender é uma consequência de qualquer trabalho bem feito, portanto quando se tem amor por algo, o resto simplesmente acontece.


Nota pessoal: o exemplo do Hélio é gratificante pois comprova aquilo que vemos de oportunidade no mercado. Dá uma felicidade ver um amigo que também é empresário abrindo mais uma frente de negócio em algo tão prazeroso e que envolve, viagens e bons momentos. Tenho certeza de que ele terá ainda mais sucesso daqui para frente nas duas áreas. Sistemas e foto na parede.


Hélio com sua primeira foto vendida.


0 comentário