top of page

Bill Gates revela suas expectativas para 2024, com otimismo sobre a IA

  • Bill Gates aposta na inteligência artificial como a grande revolução para 2024 e além



Em um novo post em seu blog, Bill Gates mostrou seu entusiasmo pela inteligência artificial e suas previsões para 2024 e além. O cofundador da Microsoft e filantropo destacou os avanços impressionantes da IA e seus possíveis efeitos na saúde, no clima e no desenvolvimento global.


Neste ano, Gates se tornou avô, o que o fez pensar ainda mais no potencial da inovação, especialmente da IA, em promover a igualdade de oportunidades para as crianças do mundo todo.


“Estou pensando mais no mundo que [minha neta] vai herdar e como ele será daqui a algumas décadas, quando a geração dela estiver no comando”, diz Gates. “Eu consigo imaginar: as ferramentas que ela vai usar, as formas como ela vai se comunicar com seus entes queridos, os problemas que essas inovações vão ajudar a resolver.”



Foco na IA


Gates, refletindo sobre seus marcos pessoais, incluindo se tornar avô, ressalta o papel da IA em transformar o trabalho e o lazer. Ele destaca o poder da IA em melhorar os direitos humanos e combater as desigualdades globais, e que estamos apenas “no começo dessa transição”.


“Temos agora uma noção melhor de quais tipos de empregos a IA poderá fazer sozinha e quais ela vai atuar como um copiloto. E está mais claro do que nunca como a IA pode ser usada para melhorar o acesso à educação, à saúde mental e muito mais”, explica Gates.

“Isso me motiva a garantir que essa tecnologia ajude a reduzir — e não a aumentar — as terríveis desigualdades que vemos pelo mundo. Eu sempre fui um defensor da força da inovação para oferecer a cada criança uma chance igual de sobreviver e prosperar. A IA não é diferente.”


O magnata da tecnologia faz uma comparação entre o surgimento da internet e o estágio atual do desenvolvimento da IA, reconhecendo o entusiasmo e a preocupação em torno das capacidades e aplicações da IA. Compreendendo o desconforto inicial com as novas inovações, Gates confessa que frequentemente se apegou aos métodos tradicionais quando sabia que poderia facilmente usar a IA para agilizar seu trabalho.


“Eu pensei que usaria ferramentas de IA para as revisões de estratégia da fundação este ano, que exigem ler centenas de páginas de materiais informativos que uma IA poderia resumir com precisão para mim. Mas os velhos hábitos são difíceis de mudar, e eu acabei me preparando para elas do mesmo jeito que sempre faço”, admite Gates.


Ele afirma: “Em um mundo com recursos limitados, você tem que encontrar formas de maximizar o impacto. A inovação é a chave para aproveitar ao máximo cada dólar gasto. E a inteligência artificial está prestes a acelerar a taxa de novas descobertas em um ritmo que nunca vimos antes.”

Gates projeta uma adoção generalizada da IA em países de alta renda em 18–24 meses, e níveis semelhantes em países africanos menos desenvolvidos em três anos.


IA na saúde


Gates prevê uma aceleração significativa no progresso científico devido à IA, especialmente na medicina. Ele aponta a capacidade da IA de analisar grandes conjuntos de dados rapidamente, auxiliando no desenvolvimento de tratamentos para doenças como o câncer e priorizando questões de saúde global como AIDS, tuberculose e malária.


Em relação ao meio ambiente, Gates observa um diálogo mais maduro, com discussões que vão além da energia eólica e solar para abranger a agricultura, a indústria e a energia nuclear. Ele observa a crescente aceitação da energia nuclear, e a mudança nas conversas de ceticismo para, finalmente, a escalação da tecnologia.


“A energia nuclear é a única fonte de energia livre de carbono que pode fornecer energia de forma confiável dia e noite, em todas as estações, quase em qualquer lugar da terra, que foi comprovada funcionar em larga escala”, afirma Gates. Gates também defende a importância de modernizar as redes elétricas e melhorar a transmissão de energia para aproveitar totalmente os avanços na geração de eletricidade limpa.


A Microsoft de Bill Gates apostou forte na IA em 2023 - A Microsoft está apostando na inteligência artificial (IA) como um diferencial competitivo para o seu mecanismo de busca Bing e o seu navegador Edge. A empresa anunciou recentemente o lançamento do novo Bing e do novo Edge, que contam com tecnologias baseadas em IA da OpenAI, como o ChatGPT e o DALL-E 3. Essas ferramentas permitem aos usuários interagir com o Bing por meio de um bate-papo inteligente, que pode responder a perguntas complexas, gerar conteúdo criativo e criar imagens a partir de texto. O Bing também oferece respostas mais completas e relevantes para as buscas, usando o modelo IA Prometheus, que analisa os resultados de toda a web. Segundo a Microsoft, o Bing já ultrapassou 100 milhões de usuários ativos, graças ao uso da IA.


A propósito, se quiser aprender e criar com IA na fotografia conheça o Guia Fotograf.IA 5.1. Mais do que um guia com 215 páginas, uma iniciativa única no Brasil com quase 10 horas de vídeos exclusivos, Grupo Vip e outras vantagens. Aproveite antes da virada de preços (últimos dias) >>> Guia Fotograf.IA: restam poucos dias antes da virada de preços





0 comentário

Comments


bottom of page