top of page

“A ladeira mais íngreme do mundo? Não, é uma obra de arte digital”

“Um alerta sobre o respeito ao trabalho artístico”. NFT de Tristan Zhou viralizou sem crédito e muitas pessoas acreditaram que a ladeira é real. O artista se posicionou mais uma vez sobre o caso





Você já imaginou como seria morar em uma cidade onde as ruas são tão inclinadas que parecem paredes? Pois foi isso que uma foto viral mostrou em junho de 2023. Mas será que ela é real? Descubra a seguir.


Uma foto impressionante

A foto em questão foi compartilhada por várias contas de mídia social, supostamente mostrando uma ladeira extremamente íngreme em São Francisco, nos Estados Unidos. “Essas ladeiras em SF são íngremes”, alguém tuitou com a imagem.


A imagem é realmente impressionante, mas também é falsa. Ela não mostra autenticamente a paisagem de São Francisco, mas sim uma obra de arte digital, criada por um fotógrafo e cineasta talentoso.




Uma obra de arte digital

O autor da imagem é Tristan Zhou, um fotógrafo e cineasta baseado em Seattle, que se dedica a criar composições fotográficas incríveis. A imagem que viralizou é uma combinação de duas fotos: uma da Rua Califórnia em São Francisco, e outra feita por um drone da mesma via, mas em um ângulo diferente.


Zhou originalmente postou a imagem no Instagram em 2021, intitulando-a “San Franception”.


A imagem é tão bem feita que está disponível para compra como um NFT (ou seja, um token não fungível) no foundation.app. Um NFT é uma espécie de certificado digital que garante a autenticidade e a propriedade de uma obra de arte online.


Um alerta sobre o plágio

Infelizmente, a imagem de Zhou foi repostada por inúmeras contas de mídia social sem o seu consentimento ou crédito. Isso levou o artista a fazer um novo post no Instagram em junho de 2023, para “lembrar a todos da importância de respeitar, proteger e creditar o trabalho artístico”, como ele escreveu na legenda.

Ver essa foto no Instagram


Zhou também mostrou outras duas imagens compostas semelhantes, para ajudar a demonstrar como elas são criadas. Ele disse que se recusa a deixar que o plágio diminua a natureza inspiradora por trás da sua arte.


E você, o que achou dessa foto incrível? Você já viu outras obras de arte digitais que te surpreenderam? Deixe seu comentário e compartilhe esse post com seus amigos.


Faça parte do NFoTo e entre para a nova fase de valor da fotograf.IA. São mais de 43 horas de conteúdo (inovação, NFTs e IA), mais de 85 membros e a NFoTo Collection. Saiba mais >>> Eu Quero Fazer Parte do NFoTo



0 comentário
bottom of page