Precisamos falar da importância do branding na fotografia

Marketing é fundamental, mas uma marca é o que evoca sentimentos e vai "fazer você sentir algo". No fim, talvez o branding seja uma estratégia mais eficaz (aliada ao marketing)





Quando vemos uma marca que gostamos ela nos provoca algumas sensações. Essa é a força do branding e não precisamos ir além quanto a essa força. Já o marketing, é sobre provocar ações e levar ao resultado. Logo, nestes tempos de correria do online, estamos mais movidos pelo marketing do que pelo branding? Tudo me leva a crer que as ações de marketing estão dominando o mercado. Faça isso ou aquilo e siga essas regras para obter tais métricas (de preferência contatos, directs e mensagens).


Eu sou uma pessoa do marketing, tanto é verdade que escrevi livro (o único do Brasil sobre marketing para fotógrafos) e tenho produtos voltados para fotógrafos e negócios de foto com foco no marketing. Mas não dá para ignorar que a fotografia, que lida com emoção, pede um cuidado considerável na questão da percepção da marca. O desafio é equilibrar isso e um caminho é ter um posicionamento claro, bem definido.


No posicionamento de mercado queremos saber o que os clientes pensam da gente e como queremos ser percebidos, e de preferência nos posicionarmos com uma proposta que não está sendo atendida pelos concorrentes (quem vai bem costuma fazer isso). O que de certa forma tem conexão com o branding, pois envolve os valores da marca, seu propósito.


No geral, não são só fotos que estão todas iguais, pois o marketing digital e a presença dos profissionais no ambiente online, também estão muito parecidos. Logo, a pergunta que fica é: como sua marca faz as pessoas se sentirem? Se nada ocorre ou isso não parece importante é porque provavelmente você não tem uma marca/branding.


Se precisar de ajuda com seu marketing na fotografia clique aqui: Plano de Marketing Premium

0 comentário