Picture Perfect Photo Lab prova que a fotografia com filme está viva e bem




Vi essa matéria em um site internacional. A Picture Perfect Photo Lab é como uma segunda casa para fotógrafos apaixonados pela fotografia com filme. Fundada em 1985 como uma loja de fotos de uma hora, a empresa agora faz tudo: desenvolvendo filmes de cor C-41 negativos e preto e branco. Eles também digitalizam e restaurar fotos/slides antigos para adicionar continuamente a um arquivo que já conta com 22 anos. Na matéria da Daily Lobo traz o relato do dono "Nós realmente vimos um enorme aumento na fotografia analógica com jovens que estão na faculdade ou no ensino médio e que estão procurando uma experiência diferente do smartphone ou fotografia digital", disse o proprietário Matt Alexander. Ele começou a atuar com a loja em 1996.




O texto do site destaca como a fotografia analógica nota um ressurgimento no interesse por mais de uma década. Um artigo da Wired de 2020 contou como, depois que a marca de filmes Kodak pediu falência do capítulo 11 e descontinuou seu filme mais popular de 35mm Ektachrome em 2012, "um público nascente de shutterbugs levou a empresa a reviver Ektachrome cinco anos depois. O negócio de filmes da Kodak notou um crescimento de 21% em 2018.




Motivos - Há várias teorias sobre os motivos da fotografia analógica estar ganhando popularidade novamente, mesmo com a vasta de câmeras digitais de ponta disponíveis no mercado. De acordo com o documentário "Why We Still Love Film: Analog Photography in the Digital Age" da NBC Left Field, a natureza tátil da fotografia com filme contribui fortemente para seu apelo. Alexander também diz que fotografar com filmes força os fotógrafos a serem mais intencionais com suas fotos, já que eles têm apenas 24 ou 36 exposições por rolo.

"Acho que a fotografia analógica meio que se presta a um lado artístico que as pessoas apreciam - as pessoas gostam da granulação do filme, imperfeições e da crueza do momento", disse Alexander.




De acordo com a Wired, uma fascinante intersecção entre filmes e fotografia digital pode ser encontrada no aplicativo de compartilhamento de fotos Instagram. Os desenvolvedores perceberam que as pessoas gostavam do "olhar" da fotografia de filmes e criaram filtros que faziam com que as fotos digitais parecessem que foram tiradas em filme. Mas, como aponta o artigo da Wired, tais filtros "não nos satisfazem, e isso aponta para uma razão mais profunda para a persistência do analógico". Esse lado efêmero não nos contenta.

Alexander disse que as gerações mais jovens agora usam o aplicativo para carregar suas fotos que foram realmente tiradas em câmera de filme como "um distintivo de honra". A hashtag "stay broke shoot film" atualmente tem 4,4 milhões de posts e a hashtag "filme não está morto" tem impressionantes 19,1 milhões de posts, indicando a prevalência da fotografia de filmes fotográfico no aplicativo. Outra razão que Alexander citou para a apreciação da fotografia analógica é que ela "faz você desacelerar e pensar e valorizar o momento um pouco mais, e isso te tira do seu dispositivo digital por um momento".

"Why We Still Love Film" também fala de como as gerações mais jovens que cresceram com uma saturação de mídia digital estão procurando uma fuga da gratificação instantânea. A natureza tátil de colocar um rolo de filme em uma câmera e levá-lo para uma loja como Picture Perfect é igualmente atraente para pessoas que cresceram com câmeras e smartphones tão acessíveis.



A matéria destaca outro aspecto único da Picture Perfect. Do trabalho em restaurar e digitalizar digitalmente fotografias antigas, negativos e slides. Alexander disse que restaurar fotos antigas é a essência da fotografia porque "captura esses pequenos momentos de nossas vidas e a preserva por muitos anos". Assim como o vinil fez um retorno e trouxe de volta lojas de discos, este interesse renovado em fotografia de cinema e o desejo de preservar fatias da vida continuará ajudando lugares como Picture Perfect a manter o filme vivo. Picture Perfect (perfectphotolab.com)


10 visualizações0 comentário