top of page

Marketing, visão artística e capacidade de adaptação: os três pilares do fotógrafo moderno

Saiba como quem vive da fotografia hoje em dia precisa harmonizar três elementos essenciais para o seu sucesso profissional e pessoal


Rawpixel


Ser fotógrafo(a) hoje em dia não é apenas dominar as técnicas de captura e edição de imagens. É também saber como se posicionar no mercado, como se comunicar com o público, como expressar sua identidade artística e como se adaptar às mudanças constantes da sociedade e da tecnologia.


Hoje quem vive da fotografia sabe equilibrar bem marketing, visão artística e capacidade de adaptação. Um profissional hoje entende que esses três elementos são fundamentais para o o sucesso.


Veja como:

  • Marketing: O fotógrafo moderno sabe que o marketing é a ferramenta que vai ajudá-lo a divulgar o seu trabalho, a atrair e fidelizar clientes, a construir sua reputação e a gerar renda. Ele investe em estratégias de marketing digital, como ter um site, um portfólio online, um blog, perfis nas redes sociais, um canal no YouTube, uma newsletter, entre outros. Ele também usa o marketing de conteúdo, o marketing de relacionamento, o marketing de influência e o marketing pessoal para se aproximar do seu público-alvo, mostrar seu diferencial, criar autoridade e gerar engajamento. Ele acompanha as métricas e os resultados das suas ações de marketing e busca sempre melhorar e inovar.

  • Visão artística: O fotógrafo moderno sabe que a visão artística é o que vai dar sentido, beleza e emoção às suas imagens. Ele busca desenvolver seu estilo próprio, sua linguagem visual, sua assinatura fotográfica. Ele se inspira em outros artistas, mas não copia. Ele cria suas próprias referências, conceitos e narrativas. Ele explora diferentes gêneros, temas e técnicas fotográficas. Ele se expressa através da fotografia artística, que é um gênero de foto que tem como objetivo expressar a emoção ou a ideia de um fotógrafo2. Ele também se aventura pela fotografia fine art, que é um subgênero da fotografia artística que busca representar a beleza de modo intuitivo.

  • Capacidade de adaptação: O fotógrafo moderno sabe que a capacidade de adaptação é o que vai permitir que ele sobreviva e se destaque em um mercado competitivo e dinâmico. Ele está atento às novidades e tendências do mercado fotográfico, como novos equipamentos, softwares, aplicativos, plataformas, formatos e demandas. Ele se atualiza constantemente, faz cursos, participa de eventos, lê livros, revistas e blogs especializados. Ele também está aberto a experimentar novas formas de fotografar, de editar, de compartilhar e de vender suas imagens. Ele não tem medo de mudar, de aprender, de errar e de evoluir.


Rawpixel


O fotógrafo moderno que vive da fotografia é um profissional completo, que sabe equilibrar bem marketing, visão artística e capacidade de adaptação. Ele é um artista que usa a fotografia como forma de expressão, mas também como forma de sustento. Ele é um empreendedor que usa o marketing como forma de divulgação, mas também como forma de conexão. Ele é um aprendiz que usa a capacidade de adaptação como forma de sobrevivência, mas também como forma de crescimento.


Mas é claro que não é fácil equilibrar esses três elementos. Muitos fotógrafos se sentem sobrecarregados, confusos ou insatisfeitos com os seus trabalhos. Eles podem se focar demais no marketing e esquecer da sua essência artística. Ou se focar demais na visão artística e esquecer do seu público e do seu mercado. Ou se focar demais na capacidade de adaptação e esquecer da sua identidade e dos seus valores. Hoje noto que essa tem sido a grande complicação na vida dos profissionais, uma eterna gangorra entre uma coisa ou outra. Um equilíbrio muito complexo...


Rawpixel


Mas é fato que os fotógrafos que se destacam hoje no mercado são aqueles que conseguem equilibrar bem marketing, visão artística e capacidade de adaptação. E fazem isso mesmo diante dos desafios. Eles são aqueles que sabem harmonizar o seu lado artista, empreendedor e aprendiz.


Talvez o ponto mais importante desse texto é de fazer você entender que esses 3 elementos são complementares. Eles se equilibram e são fundamentais. Se um deles estiver fora do eixo...todo resto sente. Então o primeiro passo é justamente identificar isso.


Aliás, sobre como encontrar esse equilíbrio. Algo que batizei de "Modo EQ" da fotografia profissional. Esse foi inclusive um dos posts mais lidos de 2023 até aqui. Recomendo a leitura >>> Como Ativar o Modo EQ na sua Carreira de Fotógrafo ou Fotógrafa (enfbyleosaldanha.com)



Assine (grátis) a melhor e mais completa newsletter sobre o mundo da fotografia >>> Spotlink - Newsletter


0 comentário

Comments


bottom of page