top of page

Fotografia médica: nova regulamentação abre mais oportunidade para profissionais da imagem



A fotografia médica é uma área que envolve o registro de imagens relacionadas à saúde, como exames, cirurgias, procedimentos estéticos, doenças e tratamentos. Essas imagens podem ter fins científicos, educativos, documentais ou promocionais, dependendo do objetivo e do público-alvo.


Até recentemente, os médicos brasileiros tinham muitas restrições para divulgar fotos de seus pacientes ou de si mesmos nas redes sociais, de acordo com as normas do Conselho Federal de Medicina (CFM). Porém, isso mudou com a nova resolução apresentada pelo conselho nesta terça-feira, 12.





A nova regulamentação permite que os médicos utilizem imagens relacionadas aos seus pacientes ou provenientes de bancos de imagens de forma educativa, desde que o material esteja ligado à especialidade registrada e acompanhado por legenda informativa. Além disso, os médicos podem publicar selfies dentro do consultório, desde que não exponham o paciente ou o ambiente de trabalho.


Essas mudanças abrem uma nova oportunidade para os fotógrafos e fotógrafas que desejam atuar na área médica. Com a maior liberdade para divulgar seus serviços nas redes sociais, os médicos podem contratar profissionais da imagem para produzir conteúdos de qualidade, que transmitam credibilidade, confiança e informação ao público.

Para isso, é preciso que os fotógrafos e fotógrafas conheçam as especificidades da fotografia médica, como as técnicas de iluminação, enquadramento, edição e armazenamento das imagens. Também é importante respeitar os princípios éticos e legais que regem a relação entre médico e paciente, como o sigilo profissional, o consentimento informado e a proteção de dados pessoais.




O que fica claro com a chegada de novas regras mais abertas é a oportunidade para mais negócios para fotógrafos. Por exemplo, para mostrar "antes e depois" e criando mais imagens para redes sociais. Contudo, nas redes sociais onde as notícias foram divulgadas sobre a nova regulamentação, pacientes reclamaram da autorização no uso dessas fotos e até de casos que já aconteceram de divulgação sem consentimento ou ganho para o paciente. Ou seja, o fotógrafo e o médico terão que observar ainda mais essas questões a partir destas novas regras para não terem problemas. De qualquer forma, não deixa de ser uma boa notícia para profissionais que atuam ou querem atuar de olho nesse nicho.


Precisando de ajuda com seu marketing na fotografia? Conheça o Plano de Marketing da Fotografia >>> Plano de Marketing 2023 | NFoTo (enfbyleosaldanha.com)

0 comentário

Comments


bottom of page