Como uma fotógrafa conseguiu recuperar perdas com uma foto roubada e faturar U$ 300 mil dólares

O exemplo recente da fotógrafa canadense Cath Simard é fascinante. A representação perfeita desta nova fase da fotografia. Ela teve a foto roubada na internet e usada nas redes sociais por muita gente. A forma como ela encontrou uma solução para reverter esse quadro e faturar 300 mil dólares com a mesma foto roubada é simplesmente fascinante e envolveu NFT.


0 comentário