top of page

Como começar a cuidar do seu marketing na fotografia (de graça)

O roteiro mais básico que poderia te dar é grátis. E ainda assim, tem muita gente que não faz nem o básico! O motivo? é trabalhoso!



O primeiro passo você já está dando, já que está lendo esse post. O segundo passo é reconhecer o óbvio e que é muitas vezes ignorado: marketing importa na fotografia.


Importa se você quer mostrar seu trabalho. Importa se você quer ser reconhecido. Importa se você quer vender. Eu poderia continuar com uma longa lista de importâncias aqui...


Não quer gastar nada e quer acertar o marketing? Coloque suas ideias no papel. Faça um desenho com você no centro e depois crie outros elementos circulando você. Quem é você? no que acredita? o que quer de fato? Qual sua proposta? Quem você quer atingir?


Os elementos seguintes dependem destas respostas: o que vai entregar? como as pessoas vão te ver? como você vai se conectar com elas? o que você pode fazer com a sua cara e dos clientes e que seja diferente do que está aí? Tudo aqui está conectado com você, o que acredita, quem vai servir e seu mercado. Anote tudo. Refaça, revise e tire ideias a partir disso.


  • Você vai precisar de uma proposta de valor ( com a sua cara)

  • Você vai precisar de um site e passar tudo o que está acima para ele de uma forma clara, limpa e direta.

  • Você precisa mostrar o que vai vender e sim, sua fotografia importa (desde que ela não seja mais do mesmo). Não só no site, mas no ambiente digital e analógico (o mundo tangível).

  • Você vai mostrar para vender com histórias sobre quem você já atendeu ou quer atender. E fazer isso de forma mais emocional, não racional.

  • Você terá que ter algo para entregar e que tenha valor de fato. De preferência acima do valor percebio pelos concorrentes. E melhor ainda se tiver o apelo que seus clientes esperam.

  • Você vai precisar avaliar de tempos em tempos (semanalmente) como as coisas estão e o que você pode fazer para melhorar o que está ruim. E melhorar ainda mais o que está bom.

  • Você terá que manter a consistência e repensar produtos e serviços sempre que puder

  • Você precisa ter presença. Estar perto dos clientes potenciais ou atuais. Onde eles estão?

  • Você deverá ter cuidado com sua estratégia de preço. E bolar alguma forma de fazer com que as pessoas retornem e que valorizem o que você oferece.


E acima de tudo, você tem que ser intencional. Entendendo que no marketing você tem que repetir, repetir, ajustar, ajustar, repetir e repetir. A intenção é benéfica para seus clientes inclusive, não só para você. Por quê? Porque seus clientes queridos que não conhecem você só vão saber do que faz se você for intencional no marketing da fotografia.


E por fim, não menos importante. Duas últimas coisas. Você deveria pensar na sua marca (além do Fulano de tal fotografia). O que sua marca representa e como você quer que ela seja vista? E finalmente, qual o legado? Ou você faz o que faz só para tirar umas fotinhas?


Se você achou tudo besteira eu entendo. Mas lembre-se, estamos falando do seu negócio de fotografia. Isso é uma piada para você? Espero que não. Até porque, para poder fazer o que você ama, é justamente o marketing que vai te ajudar nisso.


Se precisar de ajuda com isso, e estiver realmente com a intenção de acertar seu marketing na fotografia, então clique aqui >>> Plano de Marketing 2024



0 comentário

Comments


bottom of page