top of page

Câmera Poética: A Inovação que Transforma Fotografias em Poesia com Inteligência Artificial

Projeto de código aberto une tecnologia avançada e expressão artística


Patrocínio: Alboom + Fotto



A mais recente inovação no campo da inteligência artificial (IA) promete encantar os amantes das artes e das letras. Batizada de “Câmera Poética”, o dispositivo habilitado por IA faz jus ao seu nome: converte imagens em poesia!


Kelin Carolyn Zhang e Ryan Mather colaboraram na criação da Câmera Poética. Trata-se de um projeto de código aberto que combina tecnologia e arte, resultando em uma criação que ultrapassa fronteiras em ambos os domínios.


A Câmera Poética tem aparência externa de uma câmera Polaroid típica. No entanto, em vez de capturar fotografias, ela transforma o input visual em poemas que descrevem a cena capturada.


Equipada com um computador de placa única Raspberry Pi e utilizando o modelo GPT-4 da OpenAI, este dispositivo representa uma convergência de hardware e inteligência artificial.

O Raspberry Pi processa as imagens capturadas, extraindo dados visuais que são transmitidos ao componente de IA. Este módulo de IA analisa vários aspectos da foto, incluindo cores, padrões, elementos significativos e até as emoções subjacentes transmitidas.



A história por trás da câmera - A câmera começou como um projeto de paixão para Zhang e Mather, unindo o amor de ambos pela tecnologia e pelas artes.


Após experimentar com múltiplos modelos de IA, Mather encontrou o sucesso ao obter acesso ao GPT-3. Respostas positivas de familiares e amigos fizeram a dupla refinar seu protótipo, culminando no produto final que agora é muito comentado.


“Não salvamos nenhuma das imagens ou poemas digitalmente. Há várias razões para isso: Primeiro, é mais fácil. Segundo: privacidade. Terceiro, isso adiciona um significado extra aos poemas se eles forem como artefatos efêmeros. Se você perder, ele se vai,” diz Mather. “Todo mundo tem uma câmera no bolso através do celular agora — queríamos fazer algo muito diferente,” explicaram os criadores.


Conforme relatado pelo TechCrunch, os criadores da Câmera Poética enfatizaram que o dispositivo oferece mais do que apenas um formato de poesia, e que os usuários têm a flexibilidade de selecionar entre uma gama de opções, incluindo sonetos, versos livres e haicais.



A Câmera Poética vai chegar ao mercado? Com o crescente interesse pela Câmera Poética na internet, especialmente no TikTok, Zhang e Mather estão ponderando sobre a trajetória futura de sua invenção. Concebida como um projeto pessoal, sua popularidade sem precedentes os incentivou a considerar a comercialização para um público mais amplo.

Zhang diz, “Depois das primeiras 100 vezes que nos perguntaram, dissemos ‘Não estamos vendendo’, mas após a 101ª pergunta, começamos a pensar…”


A decisão de Zhang e Mather sobre a comercialização da Câmera Poética está pendente. Eles estão avaliando o interesse do público e as possibilidades de mercado. Caso seja lançada será em quantidade limitada para preservar a qualidade e sem um olhar para lucro acima de tudo. A ideia de transformar um projeto de paixão em um produto disponível comercialmente é tentadora, mas eles querem garantir que a essência artística da Câmera Poética seja preservada. Afinal, a magia da Câmera Poética reside na sua capacidade de capturar momentos e transformá-los em arte literária única e passageira. Saiba mais >>> poetry.camera


Faça parte da iniciativa Fotograf.IA e conecte-se com a tecnologia que está mudando a fotografia mais uma vez. São mais de 25 horas de conteúdo exclusivo com vídeos como esse. Além disso, você também recebe a versão 9.0 do Guia Fotograf.IA para aprender e entender como a IA pode potencializar sua fotografia >>> Fotograf.IA


0 comentário

Comentários


bottom of page