top of page

6 tendências de marketing para fotógrafos(as) em 2024 (3 digitais e 3 analógicas)

O negócio da fotografia em 2024 ficará ainda mais dinâmico, você está preparado?

Fiz um trabalho para você: analisei relatórios de tendências de várias consultorias e empresas de mídia para 2024. Elas indicam coisas semelhantes. Apresento abaixo 6 insights de marketing para você:


Vamos começar pelas trends digitais:


Vídeo ainda mais relevante: nos últimos dois anos o vídeo parece ter se consolidado como mídia para fotógrafos. A ponto de vários agora oferecerem as duas coisas. Faz todo sentido, as pessoas assistem vídeo o tempo todo nas redes sociais e nas tevês conectadas. O vídeo curto de até 30 segundos virou uma febre. Se você é fotógrafo e não oferece vídeo como produto pode ser um desperdício de oportunidade. Pense comigo: você tem ali no Reels por exemplo até os formatos para cobrar diferentes valores: 15, 30, 60 e 90 segundos.


Os relatórios apontam o TikTok ainda mais forte em 2024. Nesse caso estamos falando não só de uma rede social, mas de um buscador das novas gerações. Oportunidade para mostrar, vender, se relacionar. O desafio é a linguagem e em como usar a diversão como base do que você for fazer ali. Eu não consigo...mas a oportunidade está ali.


A junção entre vídeo e foto de forma a ficar mais fluida é outra tendência que sempre se aproxima mais de algo que já era visto como forte lá em 2009. Equilibrar foto + vídeo em um produto único deveria ser algo natural na oferta dos fotógrafos e fotógrafas de qualquer segmento. Em tempo: vídeo hoje é o que mais entrega organicamente no marketing digital. Você vai ficar só postando fotos achando que terá visibilidade?


A IA como co-piloto criativo e de marketing - o fato de você desconhecer ou não gostar da tecnologia não vai fazer ela sumir. Aliás, muito pelo contrário. Difícil é o relatório de tendências que não indica a IA generativa nos temas design, criatividade, produto, marketing, vídeo e fotografia. Serve para te ajudar no marketing de conteúdo, na criação visual. Vai muito além da geração de imagens, a IA no fim vai fazer a diferença no ganho de tempo e nas diferentes ferramentas que trarão recursos embutidos em suas ofertas. Lembrando que Adobe colocou a IA no centro do negócio. O fato é que se você não aprender e não usar...seu coleguinha vai. Exemplo: o uso da IA no fluxo de trabalho vai fazer com que ele tenha mais tempo para relacionamento, vendas. Ou usar a IA para gerar marketing de conteúdo. A IA será ferramenta diferenciada para quem souber usá-la.


A IA também avança no vídeo e criar vídeos promocionais para divulgação e storytelling da sua marca com IA também vai fazer a diferença.





Branding digital (além da identidade visual) - essa tendência se conecta com a próxima trend analógica, da experiência presencial. Imagine a cena: uma fotógrafa de família cria conteúdos fantásticos nas redes sociais e quando vou para o site dela tudo tem cara de 2019? Ou quando vou para a sessão, sou surpreendido por um choque de realidade de chatice que em nada se parece com aquilo que foi vendido nos Reels divertidos. Branding de verdade é sobre valores da marca (você) que são autênticos e que se refletem da presença digital a entrega do produto. Uma combinação poderosa da entrega, da divulgação e da fotografia. Eu arrisco dizer que o branding mais sofisticado conecta a sua assinatura visual com todo design e experiência proposta da marca no ambiente online. E quando chega a hora de viver aquilo no mundo real, a entrega não desaponta.





Aqui 3 tendências analógicas:


O marketing da experiência - em um mundo tão digital as pessoas estão sedentas por experiências divertidas, verdadeiras, autênticas. O marketing da experiência é como você me fez sentir enquanto estava lá interagindo com seu trabalho na fotografia. Da forma de tratar ao resultado final e de novo, a entrega do produto. O desafio aqui é alinhar o que você mostra online com a realidade da sessão, da cobertura e do clique. Essa semana vi uma fotógrafa texana vendendo ensaios de "encontro às cegas" para solteiros. Ela está promovendo uma experiência na sessão fotográfica de olho em gerar casais e a melhor lembrança da marca dela. Os estúdios selfie e foto cabines também são exemplos de alinhamento entre expectativa e realidade. As pessoas veem nas redes sociais e querem fazer presencialmente. Curtem, indicam, postam e o marketing da experiência gera no fim das contas um branding daqueles.





O produto como legado - o que fica para quem adquire o serviço? O que ele leva além dos cliques. Você pode até dizer que seu negócio só trabalha com digital, mas pensar em algo tangível seria ótimo. Os brindes e presentes fotográficos diferenciados permitem surpreender e encantar e se conectam com o marketing da experiência e com o branding autêntico. O que você pode deixar para seus clientes é mais sobre eles do que sobre você! Pense nisso.


Curiosamente, produtos estão ficando cada vez mais digitais. Vemos álbuns com QR code de música do Spotify, vemos fotos Polaroid com áudio em realidade aumentada. Vemos Realidade aumentada e virtual oferecendo integrações para uma experiência distinta e impactante com as fotografias. E hoje ficou muito mais fácil de fazer.




Presença é estar perto de quem importa - Estar perto é parte do sucesso. Mas no mundo analógico o que isso representa? É a exposição física, o livro, uma ação com fotos impressas. É a presença em parceiros ou iniciativas que vão bem com fotografia, mas não necessariamente são negócios fotográficos. Vale para lojas de roupas, vale para restaurantes, hotéis, bares, agências e outros. A experiência de uma sessão fotográfica em um parceiro também conta com uma presença marcante. A grande questão aqui é: seus clientes ou possíveis clientes estão neste parceiro escolhido. E o mais interessante é que todos os elementos citados anteriormente se conectam aqui nesta trend.


Não existe regra absoluta no marketing da fotografia. Faça o que acredita, mas não contrarie a lógica. Boas marcas tem causa, tem produto, querem impactar seus clientes e querem que eles retornem. Espero que você seja uma delas.


Se quiser ajuda e orientação no seu marketing na fotografia conte com o Novo Plano de Marketing 2024. Um programa único no mercado para acertar seu rumo no negócio da fotografia. Saiba mais >>> Plano de Marketing 2024






0 comentário

Comments


bottom of page