top of page

20 clichês usados no marketing dos fotógrafos que não fazem sentido (atualizado)

Atualizado: 24 de fev. de 2023




Depois de tantos anos atuando neste mercado dá para afirmar com facilidade os jargões usados por fotógrafos(as) que não ajudam em nada no marketing da fotografia


Eu atuo na fotografia faz mais de 22 anos. Tenho formação e pós-graduação na área e em 2020 lancei o primeiro e único livro sobre o tema no Brasil (acredite, só tem o meu livro o que indica muito do problema do marketing na fotografia profissional brasileira).


Então vamos logo aos 10 clichês usados em chamadas que o pessoal insiste e que não ajudam em nada:


1 - Eu eternizo momentos. Todo clique é um lance congelado. Isso não é algo muito específico e quando todos fotógrafos e fotógrafas usam essa expressão acabam se tornando genéricos. Se eu achar vários fotógrafos e no site ou na bio deles tiver "eternizar" momentos...já existe aí uma tendência a mesmice. Prefira responder a pergunta: Minha forma de eternizar momentos? A resposta a essa questão pode ser um caminho melhor...


2 - Eu sou um contador de histórias. Não são todos os fotógrafos contadores de histórias com algo muito subjetivo na forma de contar. Qual sua forma de contar histórias? O que torna isso especial? A sua maneira de "narrar" é que precisa explicada...


3 - Eu trabalho os melhores produtos em termos de qualidade. Qualidade não é diferencial. Isso é básico...assim como pontualidade, postura e outros elementos na atuação profissional. Não use a expressão "básica" como diferencial. Seja específico se o seu produto for de fato diferenciado e explique isso da forma mais detalhada possível.


4 - Eu sou apaixonado por fotografia desde criança. Eu também e conheço muita gente que nem é fotógrafo e também é. Ou seja, dá para criar uma conexão melhor respondendo a questão: Eu sou apaixonado por fotografia desde criança porque....


5 - Vou contar a sua história como se fosse a minha. Talvez essa frase ou forma de se apresentar no marketing não seja a melhor para todos os clientes. Talvez a pessoa que te contrata queira algo com a sua assinatura, mas com algum distanciamento. E se pensarmos de forma fria, se um fotógrafo fosse contar minha história como se fosse a dele talvez isso não seja uma boa forma de se perder. Nem todos contratam a gente pelas mesmas razões que a gente acredita. Não coloque todos os clientes no mesmo nível de conexão.


6 - Criando uma experiência única para seus momentos mais importantes. O que é essa experiência e o que fará dela algo especial de fato? Sem explicar qual é a experiência só temos uma chamada vazia. Lembrando que uma experiência pode ser boa ou ruim. Logo, qual é essa experiência no detalhe?


7 - Eu fotografo com emoção (e variações da frase). Ainda bem, assim eu tenho a tranquilidade que não contratei um robô. De novo, o que é essa emoção. Como detalhar mais com a sua subjetividade essa atuação emocional no seu trabalho da fotografia?


8 - Eu crio poesias visuais (e variações da frase). Cuidado com frases bonitas e chamadas de efeito sem ter como justificar o que está vendendo. Aqui no caso, a poesia é tão subjetiva quanto fotografar com "emoção". Tirando artistas premiados e respeitados, o risco é de você não ser compreendido.


9 - Registrando momentos (e variações da frase). Voltamos para eternizar momentos, clicando seus melhores eventos e afins. Aqui temos só uma chamada de efeito que é usada por milhares de profissionais e que na prática os colocam no mesmo patamar da falta de diferenciação. Melhor completar a frase: registrando momentos com....e ser o mais específico possível.


10 - Sou um dos fotógrafos mais premiados e renomados. Cuidado aqui: você pode espantar clientes que vão achar pedante, caro, frio...se a fotografia trabalha o lado emocional...qual a vantagem em se contratar um fotógrafo repleto de prêmios? Não que premiações não possam ajudar. Mas tudo depende de posicionamento de mercado. Agora, se for só para agradar seu ego e como autoafirmação, cuidado.


O fotógrafo Katze.Fotos também colaborou com mais clichês:


1 - "Fotografia de qualidade": Todo fotógrafo quer oferecer qualidade, mas esse termo é tão utilizado que perde o seu significado e não ajuda a diferenciar um profissional do outro.

2 - "Fotografia autêntica": Outro termo que é usado em excesso e que pode ser interpretado de diversas maneiras, sem oferecer uma diferenciação clara.

3 - "Fotografia criativa": Mais um termo muito utilizado, mas que não ajuda a diferenciar o trabalho de um fotógrafo de outro.

4 - "Fotografia com alma": Embora possa transmitir um sentimento de emoção, essa expressão pode ser interpretada de muitas maneiras e não oferece uma diferenciação clara.

5 - "Fotografia única": Essa expressão pode ser facilmente mal interpretada, pois cada fotografia é única em si mesma, mas isso não significa que ela é realmente diferenciada do trabalho de outros fotógrafos.

6 - "Fotografia de alta qualidade": Mais uma vez, o termo "qualidade" é usado, mas sem oferecer uma diferenciação clara.

7 - "Fotografia de classe mundial": Esse termo pode ser interpretado de muitas maneiras diferentes e não oferece uma diferenciação clara do trabalho de um fotógrafo.

8 - "Fotografia profissional": Todo fotógrafo profissional deve oferecer um trabalho de qualidade, mas esse termo não ajuda a diferenciar o trabalho de um fotógrafo de outro.

9 - "Fotografia única e inovadora": Embora essa expressão possa transmitir um sentimento de originalidade, é um clichê usado com muita frequência e pode não oferecer uma diferenciação clara.

10 - "Fotografia de tirar o fôlego": Essa expressão é usada com muita frequência e não oferece uma diferenciação clara entre o trabalho de um fotógrafo e outro.


Não existem regras absolutas. Talvez você use uma das chamadas acima e talvez até funcione para você. Contudo, em um mercado tão competitivo, ser "mais do mesmo" é um risco real que pode desvalorizar sua marca na fotografia. A grande reflexão aqui neste post é: como ser mais você e menos um mero replicador de jargões no marketing da fotografia. Seja mais específico. Olhe para você e como a sua comunicações pode ter mais a sua cara em 2023.


Se você quer acertar seu marketing na fotografia e está meio perdido quanto a isso. Então conte com o Plano de Marketing 2023 e prepare-se para o ano que já começou. Saiba mais aqui >>> Prepare seu negócio de fotografia para 2023


O



0 comentário

Comments


bottom of page