top of page

BeReal premia a foto mais "real" do mundo em 2023

Em tempos de fake news e IA, BeReal segue na sua proposta realista e sem filtros. O prêmio de foto mais realista de 2023 compartilhada no app é prova disso


Foto: Alexandra Fenton/BeReal


Em um mundo cheio de imagens artificiais, um toque de autenticidade é sempre bem-vindo. BeReal, o aplicativo famoso por sua dedicação a conteúdos genuínos e menos glamourosos, procurou encontrar a “Pessoa Mais Realista do Mundo” e recompensá-la por isso. A campanha, ativa durante a primeira metade de novembro, incentivou os usuários a compartilhar seus momentos mais autênticos.


Foi um momento de verdade sem filtros de Alexandra Fenton, uma usuária de Iowa nos EUA, que conquistou o título. Sua foto sincera, tirada durante um exame de papanicolau, capturou um pedaço cru e sem retoques da vida.



Diferentemente de outras plataformas sociais, BeReal é projetado para promover a realidade em vez da perfeição. Ele solicita aos usuários em um momento aleatório de cada dia que capturem seus arredores reais e compartilhem uma foto em até dois minutos. Não há filtros ou controles de edição, com essa imagem no aplicativo usando as câmeras frontal e traseira. Essa abordagem das redes sociais, onde as experiências genuínas ganham destaque, visa desmontar o verniz muitas vezes associado às personas online. O aplicativo enfatiza que capturar um momento não deve exigir preparação - é sobre a espontaneidade da vida como ela acontece.


Entre 50 finalistas, a decisão impulsiva de Alexandra de documentar seu exame de saúde de rotina no centro de saúde estudantil da Universidade de Iowa chamou a atenção.


Sua representação ousada e sem edição de um procedimento de saúde comum para as mulheres lhe rendeu um prêmio em dinheiro de US$ 5.000, uma luxuosa viagem de US$ 15.000 com três amigos e a honra distintiva de sua foto ser exibida em um outdoor na Times Square. Além disso, ela teve a chance de escolher o horário global de postagem do BeReal por um dia.


Alexandra compartilhou sua experiência com o The Daily Iowan, explicando a espontaneidade por trás da foto. Ela lembrou o momento durante seu exame de papanicolau, um procedimento normalmente desconfortável, quando a notificação do BeReal apareceu. Com o espéculo no lugar e o exame em andamento, ela percebeu a singularidade da situação.


Em vez de pensar demais, Alexandra rapidamente tirou a foto, sabendo que o momento não se repetiria. Essa ação impulsiva levou a se tornar a foto vencedora.


O clique está em destaque em áreas de grande movimento, como a Times Square de Nova York, bem como em grandes cidades da Europa e da Ásia, fazendo uma declaração poderosa sobre valorizar a autenticidade em nosso dia a dia.


0 comentário

Comments


bottom of page