top of page

Você cria para você ou para os clientes?

Uma questão primordial do marketing moderno é um desafio quando o assunto é o negócio da fotografia



A frase da imagem acima é de Seth Godin, um grande pensador do marketing moderno. A afirmação dele faz ainda mais sentido quando o assunto é fotografia.


O grande problema dos fotógrafos e fotógrafas (e outros empreendedores do ramo) é tentar empurrar produtos/serviços para clientes. Parece algo simples, mas a diferença entre criar com base no que o cliente quer ou o que você quer faz uma diferença enorme.


A foto em destaque neste conteúdo é uma Polaroid. Você sabia que o fundador da empresa (Edwin Land) criou a fotografia instantânea porque a filha dele perguntou: Por que não podemos ver a foto na hora? Acho que não preciso explicar mais nada.


A Polaroid se tornou um ícone e até hoje dita a fotografia como um formato popular. Aliás, inspirou até o Instagram.


O que isso tem a ver com os produtos que eu vendo na fotografia? Tudo. A primeira pergunta: O que você oferece aí que é diferente do coleguinha? Você tem o mesmo álbum? O mesmo estilo de produto? Então para o cliente a decisão é óbvia: ele vai para preço.


"Ah, mas a minha fotografia é única". Será mesmo? Se você for um nome renomado e respeitado no mercado até posso acreditar nisso, mas na média, até as fotografias estão com a mesma "cara".


O produto é um P importante do marketing e hoje as pessoas curtem colaboração. Como ele pode participar do processo? Um álbum personalizado também pelo cliente? Um estúdio fotográfico em que as pessoas podem criar suas próprias fotos (os estúdios selfies explodiram em popularidade por conta disso no mundo todo)? Os exemplos de colaboração são variados. E eles são orientados pelos desejos dos consumidores.


A questão mais relevante então é essa: como eu posso criar para meus clientes? Para isso você precisa pesquisar, ouvir, adaptar e testar. E sim, vai dar mais trabalho. Mas ao menos você será diferente. E claro, você vai precisar mostrar isso.


Se fizer direitinho olha o que pode acontecer:


O produto vai agradar mais o cliente. Ele vai comentar com amigos e parentes.


O produto vai aparecer bem na divulgação online. Seja a que você fizer e o que o cliente fizer e compartilhar.


O produto é diferente e vale mais justamente porque é personalizado. Ele ajuda no preço.


O produto merece destaque na casa do cliente. Ele gera presença.


O produto é único e te posiciona no mercado. Você é que vai ser copiado.


Sobre isso, de ser copiado, a verdade é que a gente tem que pensar sempre na próxima novidade. Isso não tem como escapar.


Muitos fotógrafos me dizem duas coisas:


Clientes não sabem o que querem! e clientes querem coisas mais simples.


Para a primeira situação eu te digo: o cliente não sabe o que quer porque você nem conversou e se interessou de verdade por aquilo que ele quer.


Para a segunda situação: é verdade que as pessoas querem gastar menos. Ninguém disse para você não ter uma opção mais barata.


Produto é marketing e ajuda em todo o processo.


Para quem não tem nenhum produto isso é grave...para quem tem algo "mais do mesmo" é melhor do que quem não tem nada (embora muitos estejam aqui nesta posição". Aos que investem no produto diferenciado e colaborativo, meus parabéns.


Se você precisar de ajuda com seu marketing conte com o Plano de MKT da Fotografia 2023. Seu Plano de Marketing 2023



0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page