top of page

Uma conversa com Erica Olbera sobre fotografia e o lançamento da sua coleção Nano+NFoTo




Recentemente a fotógrafa Erica Olbera teve sua coleção de fotos blockchain lançadas na parceria entre Nano + NFoTo. Trabalhando hoje com posicionamento de imagem, Erica também conta com obras artísticas e é uma talentosa profissional conectada com a nova fase de valor da fotografia. Confira a entrevista!



Veja a coleção de Erica >>> Érica Olbera - Flow&Co (nftnano.art)





NFoTo - Como você entrou na fotografia? Conte sobre sua trajetória!


Erica Olbera - Eu trabalhei 25 anos no mercado corporativo e, em grande parte, nas áreas de marketing e publicidade. A fotografia profissional esteve presente logo na 1ª empresa, mas usávamos os equipamentos da empresa e, quando sai, não pude continuar porque eu não tinha como comprar uma câmera, segui então nas áreas administrativas.


Trabalhei 10 anos atendendo agências de publicidade e o universo das imagens já me encantavam, ver o porquê das coisas transformadas em imagens. Foi então que resolvi fazer um curso atual de fotografia para retomar o sonho antigo e assim que iniciei, vi que a fotografia mexia profundamente comigo e passei a dar mais lugar para ela.


Me formei na Panamericana em 2013 e fiquei fotografando no paralelo com o corporativo até que virei completamente a chave e, quer queira ou não, o retrato com estratégia de comunicação já estava no meio dia a dia.



NFoTo - conte sobre sua coleção com a Nano por favor


Erica Olbera - No início da minha fotografia, eu desenvolvi este trabalho mais artístico, mas recebi uma dura crítica dizendo que isso não era arte, nem era foto, que era loucura de uma iniciante, foi então que o meu projeto ficou engavetado.

Quando o NFT surgiu, acendeu a chama deste projeto novamente, afinal de contas, regras podem existir, mas para a arte não e o NFT ajudou muito com esta quebra de paradigmas.

Não há limites para a arte tampouco para NFT e a nova forma de vender artes. Eu acredito na Nano e no novo movimento da arte pelo digital, Brasil afora.






NFoTo - qual seu processo criativo?


Erica Olbera - Quando estou na natureza, eu gosto de me dedicar a observação e me conecto com o movimento das formas através do vento, do tempo, do dia e todas as suas singularidades. Vou testando algumas maneiras até encontrar aquela que se adequa para captura da imagem.


É um momento muito especial para mim por ser um momento de relaxamento, mas que traz muita inspiração estimula meu processo criativo. Cada imagem tem muita entrega pessoal e profissional ali.



NFoTo - quais suas referências? O que te inspira?


Erica Olbera - Na arte, eu tenho profunda admiração pelo vanguardismo de Claude Monet e suas pinturas, por isso, quero trazer na foto uma maneira que mostre como se elas estivessem sido pintadas, ainda sendo fotografias, sem manipulação de tratamento.






NFoTo - como vê o mercado para Fotógrafos(as) hoje?


Eu acho que a fotografia vive em constante mudança, já passamos pela fase do celular que diziam que acabaria com o trabalho do fotógrafo, por exemplo, e cá estamos. Acho que a tecnologia vem para ajudar, se souber lidar com isso, mas, principalmente, ouvir o cliente, entender quem é você, sua identidade mais profunda do porquê você faz o que faz, isso certamente conecta muito mais. Quem está aí só fazendo o famoso “copiar e colar”, não vai pagar as contas, precisa olhar além.


Testar as novas tecnologias eu vejo como um ponto importante, não se pode ir contra. Comece antes que seja tarde, assim que eu vejo.



NFoTo - o que acha da fotografia blockchain?


Erica Olbera - Eu acredito que a fotografia blockchain é mais um produto para oferecermos, há ainda muita coisa nova que deve surgir através dela que talvez nem possamos imaginar ainda, mas tende a ser mais uma forma que fotógrafos possam ser mais livres para vender suas artes do que antes, no modo tradicional.


Permite também que possamos criar os certificados de autoria, vender e revender no mundo todo, qualquer pessoa de qualquer país, de modo mais simples, desde que alguém se interesse pela obra.


Outro benefício é a permissão de criar, criar o que você quiser, sem estigmas, sem regras, apenas criar, seguir seu instinto, isso é incrível... essa liberdade que trouxe para nós de ampliarmos a visão do nosso trabalho e atingir quem quiser.






NFoTo - o que espera para 2023?


Erica Olbera - Um ano de consolidação e expansão. Eu defendendo um posicionamento de trabalho e vejo como isso foi importante. Trabalho de modo personalizado para cada cliente, ouvindo meus clientes e traduzindo em imagens. Isso dá um enorme trabalho, sim, nem todo mundo quer pagar esse preço, ocupa boa parte da minha agenda...mas ver nos olhos do meu cliente a satisfação, a realização, me traz mais força em continuar.


Não dá para ficar só no modo técnico porque é na hora de se relacionar com o cliente, que o jogo muda. Se você não atender bem e fazer igual para todo mundo, vai entrar na briga de preço.


Por isso, eu fui atrás de outros cursos de especialização além da fotografia porque para mim, o que é mais importante é o meu cliente e o que ele quer comunicar através das imagens. Pose por pose não conecta, tem que ter conhecimento da direção do olhar, da expressão do corpo, tudo comunica, retrato é retratar, não é só um clique.



NFoTo - qual o sonho para sua carreira?


Tenho alguns, um deles é ter outras pessoas me ajudando a expandir a empresa, por isso, estou fazendo e participando de novos projetos para alcançar este objetivo. Outro sonho é fotografar clientes em locais dos sonhos dos meus clientes, aqui e fora do Brasil, trazer novas experiências.



NFoTo - Obrigado pela entrevista e sucesso!


Erica Olbera - Eu não posso terminar sem antes te agradecer pelo espaço e por ser colocado este projeto no ar, sem dúvidas é um caminho enorme para trilharmos e me sinto honrada por poder fazer parte. Recomendo totalmente aos outros fotógrafos, comecem agora ou vão ficar se lamentando. Faça parte desta comunidade que está riquíssima de colaborações e informações/apoio. Muito obrigada.


A nova fase do mundo da fotografia já começou. Vai ficar de fora? Saiba mais clicando aqui >>> Conexão NFoTo: o caminho para a nova fase de valor da fotografia


Antecipe-se a grande transformação da fotografia com a nova fase blockchain. Faça parte do NFoTo e comece a avançar nessa nova fronteira do mercado - Quero ser Membro NFoTo


Precisando acertar o seu marketing ou se reposicionar? Conheça o Plano de Marketing 2023? Eu Quero Meu Plano de Marketing


Assine a newsletter grátis Spotlink e receba as notícias desse site no seu email - Quero ficar por dentro com Spotlink - Newsletter


0 comentário
bottom of page