Oppo: nova líder na China e apresentando uma parceria importante com a Hasselblad

Atualizado: Mar 15

OPPO passou a Huawei e já é a maior fabricante de smartphones da China



possível lançamento da OPPO com câmera quádrupla em parceria com a Hasselblad.


Essa notícia de que a OPPO ultrapassou a Huawei mostra como o mercado chinês é dinâmico. Mesmo a Huawei bem posicionada com seus modelos recentes, parece que isso não foi o bastante para segurar a liderança. Especialistas comentam que a queda tem relação com o banimento da empresa nos EUA. O site Notícias Tecnologias explicou melhor:


A Huawei passa por diversas dificuldades causadas pelo embargo dos EUA, que a impossibilita de fabricar smartphones como tem feito até aqui. E essa situação começa a notar-se até na China, onde acaba de perder o primeiro lugar para a OPPO


Segundo os dados da Counterpoint, a Oppo estabeleceu-se agora, e pela primeira vez desde a sua existência, como a fabricante numero 1 de smartphones na China. Graças ao sucesso de smartphones como o Reno4 ou o Oppo A72, a subsidiária da BBK Electronics conquistou 21% do market share. Segundo os analistas, a OPPO deve o seu ganho de popularidade à série Reno A.

“A Oppo conseguiu reposicionar com sucesso as suas linhas de produtos em 2020. O rebranding da série Reno e o lançamento de um dispositivo mais capaz a um preço mais baixo do que seu antecessor ajudou a OPPO a conquistar o segmento. O forte impulso da série A na faixa intermediária fortaleceu o portfólio de produtos da marca para atender à demanda por telefones 5G na China em uma ampla faixa de preços ”, disse Varun Mishra, analista sénior da Counterpoint.

A situação da Huawei é complicada pela situação de embate com os norte-americanos. Tão grave que a marca saiu da primeira posição na China para o terceiro lugar dividindo com a Xiaomie e Apple. No último trimestre de 2020, a Huawei ainda tinha 30% da participação da telefonia móvel na China. Com quase 124 milhões de smartphones vendidos em 2020 (na China), a Huawei ainda era a líder. "Sem surpresa, a OPPO beneficiou do colapso nas vendas de smartphones Huawei. Privado de componentes 5G, o grupo foi forçado a abandonar o segmento de gama média na China, e agora está a concentrar-se nas vendas de telefones de última geração, com margens mais altas." diz o site Notícia Tecnologia.


Enquanto isso a OPPO anunciou a parceria com a Hasselblad. Um acordo de três anos. Vale lembrar que a Hassel agora é uma marca da DJI. O que prevê a parceria? A primeira colaboração será vista no modelo OPPO 9, modelo que deve trazer vídeo 4K e 8K. A OPPO promete que as novidades nas câmeras serão surpreendentes e sofisticadas. Agora é esperar para ver.

84 visualizações0 comentário