Asus lança plataforma NFT

A gigante de tecnologia que é a quinta do mundo na fabricação de computador criou uma unidade de negócios de olho na nova fase da internet (Web3)





A novidade foi anunciada essa semana. A Asus Computers (Taiwan) lançou uma unidade web3 para supervisionar sua estratégia de olho nos NFTs e metaverso. A empresa se junta a uma lista crescente de empresas de tecnologia que estão investindo na web3 (a nova fase da internet). A Asus está lançando um mercado NFT que contará exclusivamente com colecionáveis digitais e NFTs de artistas selecionados. Construída sobre a blockchain Ethereum, a plataforma NFT não suporta negociações secundárias no momento, de acordo com um porta-voz da empresa. A Asus executará seus projetos web3 sob sua recém-lançada unidade, a Asus Metaverse. A unidade aproveita os recursos de computação em nuvem, inteligência artificial (IA) e blockchain da empresa para avançar no metaverso.



O marketplace NFT foi batizado de "Art Black hole" e vale destacar que a fabricante está seguindo os passos de outros fabricantes taiwaneses como a Foxconn e Ennoconn Corp.


Joe Hsieh, diretor de operações da Asus, disse: "A Asus presta muita atenção aos últimos desenvolvimentos das indústrias emergentes, e estamos particularmente atraídos pelo potencial da indústria Web3."


O que são NFTs? São ativos digitais únicos que garantem posse, procedência e autenticação de itens digitais e até fisícos. Algo que vai desde fotografias, vídeos e outros.


Web3 é a nova fase da internet. Descentralizada e conectada com a tecnologia blockchain que garante o registro de transações, agilidade e que se conecta com o metaverso. A tendência da internet 3D e mais imersiva. O metaverso é geralmente descrito como um espaço virtual 3D que permite que as pessoas interajam imersivamente através de jogos, shows virtuais e outros eventos experienciais. A crescente indústria tem atraído alguns dos maiores rebatedores do espaço tecnológico, liderados pela Meta (Instagram, Facebook), Microsoft, Amazon, Sony, Adobe, Google e outras gigantes.


De acordo com a consultoria e empresa de inteligência de mercado McKinsey, o metaverso deve atingir um valor de mercado de US$ 5 trilhões até 2030. No entanto, Goldman Sachs e Morgan Stanley têm uma projeção significativamente mais ambiciosa de US $ 8 trilhões, que o Citigroup acha que a indústria pode valer impressionantes 13 trilhões.


Importante, os NFT estão puxando o avanço do metaverso e da web3 com aplicações de empresas, artistas e organizações. A fotografia inclusive aparece como área mais lucrativa dos NFTs.


Faça parte desta nova fase de valor da fotografia participando do NFoTo - NFoTo - NFT para Fotógrafos(as) | Meusite (enfbyleosaldanha.com)





0 comentário