top of page

A inteligência artificial e a fotografia: problemas e vantagens

Os benefícios e os problemas da inteligência artificial para os fotógrafos





A inteligência artificial (IA) está revolucionando a forma como criamos e consumimos imagens. Com ferramentas cada vez mais sofisticadas e acessíveis, podemos editar, manipular, gerar e compartilhar fotos de maneira rápida e fácil. Mas quais são os problemas e as vantagens dessa tecnologia para a fotografia? Vejamos alguns pontos:





Problemas

  • Impacto ambiental: a IA consome muita energia e recursos para funcionar. Segundo matéria recente da Fast Company, o consumo exato de um único modelo de IA é difícil de estimar e inclui a energia utilizada na fabricação do equipamento, na criação do modelo e no seu uso. Em 2019, pesquisadores descobriram que a criação de um modelo de IA generativa chamado BERT, com 110 milhões de parâmetros, consumia a mesma quantidade de energia de um voo transcontinental de ida e volta para uma pessoa. Lembrando que mais e mais pessoas estão usando a tecnologia em 2023. Seja com edição de imagens, geradores como Midjourney e ChatGPT.

  • Ética e direitos autorais: a IA pode criar imagens falsas ou enganosas, que podem ser usadas para fins maliciosos, como desinformação, manipulação ou violação de privacidade. Também pode gerar questões sobre a autoria e a propriedade das imagens, já que nem sempre é claro quem é o criador ou o dono de uma foto gerada ou editada por IA. Quem tem o direito de usar, distribuir ou lucrar com essas imagens?

  • Riscos para a profissão fotógrafo: a IA pode ameaçar o trabalho dos fotógrafos profissionais, que podem perder espaço para algoritmos que podem produzir imagens de alta qualidade com baixo custo e esforço. Além disso, a IA pode reduzir o valor artístico e cultural da fotografia, ao torná-la mais padronizada e banalizada.



  • Viés e discriminação: a IA pode reproduzir ou amplificar viés e discriminação presentes nos dados usados para treiná-la. Isso pode levar a resultados injustos, ofensivos ou perigosos para determinados grupos ou indivíduos. Por exemplo, a IA pode gerar imagens que reforçam estereótipos, excluem minorias ou violam direitos humanos3.

  • Perda de controle e transparência: a IA pode agir de forma imprevisível ou inesperada, sem que os fotógrafos tenham controle ou compreensão sobre o que está acontecendo. Isso pode gerar problemas de confiança, responsabilidade e segurança. Por exemplo, a IA pode alterar ou apagar imagens sem autorização, vazar informações sensíveis ou causar danos irreversíveis3.

  • Dependência e alienação: a IA pode tornar os fotógrafos dependentes e alienados da tecnologia, ao reduzir suas habilidades, conhecimentos e autonomia. Isso pode afetar negativamente sua autoestima, criatividade e identidade. Por exemplo, os fotógrafos podem se sentir desvalorizados, desmotivados ou desorientados ao usar a IA.




Vantagens

  • Expansão criativa: a IA pode ampliar as possibilidades criativas dos fotógrafos, que podem usar a tecnologia para experimentar novas técnicas, estilos e ideias. A IA também pode inspirar os fotógrafos a explorar novos temas, narrativas e perspectivas, ao oferecer sugestões ou desafios.

  • Ganho de tempo: a IA pode agilizar o processo de produção e edição das imagens, ao automatizar tarefas repetitivas ou complexas. Assim, os fotógrafos podem economizar tempo e se concentrar em aspectos mais importantes ou interessantes do seu trabalho.

  • Novos produtos e serviços: a IA pode criar novas oportunidades de negócio para os fotógrafos, que podem oferecer produtos e serviços diferenciados e personalizados para seus clientes. Por exemplo, os fotógrafos podem usar a IA para restaurar fotos antigas, melhorar fotos de baixa qualidade, criar retratos realistas ou caricaturas divertidas, entre outras possibilidades.

  • Melhoria da qualidade das imagens: a IA pode ajudar os fotógrafos a melhorar a qualidade das suas imagens, ao corrigir problemas como ruído, desfoque, exposição, cores, distorção, etc. A IA também pode aumentar a resolução, o contraste e os detalhes das imagens, tornando-as mais nítidas e realistas.

  • Recuperação e preservação de fotos antigas: a IA pode ajudar os fotógrafos a recuperar e preservar fotos antigas, ao restaurar cores, texturas, formas e conteúdos perdidos ou danificados. A IA também pode colorir fotos em preto e branco, remover manchas ou arranhões, preencher áreas faltantes ou reconstruir rostos.

  • Geração de imagens originais: a IA pode ajudar os fotógrafos a gerar imagens originais, ao combinar elementos de diferentes fontes ou estilos. A IA também pode criar imagens a partir de textos, sons ou dados, abrindo novas possibilidades de expressão artística.



A transformação que já ocorre


Na prática, já vemos a IA inspirando novas formas de trabalhos e impactos criativos e de fluxo de trabalho. Alguns desses exemplos já estão ocorrendo entre os fotógrafos, mas ainda há muito espaço para inovação e aprimoramento. A IA na fotografia é uma tecnologia relativamente nova e em constante evolução, que pode trazer novas possibilidades e desafios para os fotógrafos no futuro.


  • Criação de arte com IA: a IA pode permitir que os fotógrafos criem imagens artísticas com base em textos, sons ou dados, usando diferentes estilos, técnicas e ideias. A IA também pode inspirar os fotógrafos a explorar novos temas, narrativas e perspectivas, ao oferecer sugestões ou desafios.

  • Edição inteligente com IA: a IA pode ajudar os fotógrafos a editar suas imagens de forma rápida e fácil, ao automatizar tarefas repetitivas ou complexas. A IA também pode corrigir problemas como ruído, desfoque, exposição, cores, distorção, etc. A IA também pode aumentar a resolução, o contraste e os detalhes das imagens, tornando-as mais nítidas e realistas.

  • Curadoria automática com IA: a IA pode ajudar os fotógrafos a organizar e gerenciar suas coleções de imagens, ao reconhecer objetos e cenas nas fotos e sugerir tags, categorias ou álbuns. A IA também pode ajudar os fotógrafos a encontrar as imagens que procuram, ao usar critérios como conteúdo, qualidade ou relevância.


Conclusão

A inteligência artificial é uma tecnologia que traz problemas e vantagens para a fotografia. Cabe aos fotógrafos saberem como usar essa ferramenta de forma ética, responsável e criativa, buscando se adaptar às mudanças e se destacar no mercado. Afinal, a IA pode ser uma aliada, mas não substitui o talento, a sensibilidade e a visão dos fotógrafos humanos.


Não perca a chance de se preparar para o futuro da fotografia. Junte-se ao NFoTo e tenha acesso a conteúdos exclusivos, cursos práticos e uma comunidade de fotógrafos inovadores. Clique aqui e faça parte do NFoTo agora >>> NFoTo: fotografia blockchain e inovação>>> NFoTo: fotografia blockchain e inovação



0 comentário

Comments


bottom of page